Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Madeirenses festejaram em Braga título de campeões nacionais de futebol de rua
Altas temperaturas exigem cuidados redobrados com o fogo

Madeirenses festejaram em Braga título de campeões nacionais de futebol de rua

Esposende: Ronda de Vila Chã já tem sede própria

Desporto

2018-07-16 às 17h00

Joana Russo Belo

A cidade de Braga recebeu a final do Torneio Nacional de Futebol de Rua, evento integrado na programação da Cidade Europeia do Desporto 2018. No duelo decisivo, a equipa da Madeira venceu Setúbal, por 6-2, e fez a festa. Inclusão é a palavra de ordem.

A equipa da Madeira foi a grande vencedora do Torneio Nacional de Futebol de Rua, que decorreu em Braga, ao vencer na final a formação de Setúbal, por 6-2. Inserido na programação da Cidade Europeia do Desporto 2018, o evento juntou 23 equipas - três internacionais - perto de 200 atletas e uma comitiva de 250 pessoas ao longo dos cinco dias de competição.
Organização faz um balanço positivo e destaca o papel social num futebol de inclusão.

“É a terceira vez que estamos em Braga, é o município que nos recebeu mais vezes. Da nossa parte foi a escolha certa, voltou a ser uma experiência fantástica, tanto no trabalho com o município e empresas locais, como para os participantes. Braga é uma das cidades que reúne todas as características necessárias para receber este evento, proporcionando aos jovens um conjunto de actividades recreativas e culturais, nas melhores condições”, destacou Gonçalo Santos, coordenador nacional do Projecto de Futebol de Rua, dando conta da essência do programa.
“Acima de tudo, é promover o acesso ao desporto a mais de mil jovens e menos jovens de todo o território nacional, dos Açores à Madeira, de Beja a Braga, dando acesso a um quadro competitivo, em que representam as suas instituições de suporte, primeiro num torneio distrital, depois no nacional e, para alguns sortudos, numa fase de nível mundial, no México, no Campeonato do Mundo. É promover o acesso à prática desportiva, por um lado e, por outro, usar o projecto das actividades educativas que são desenvolvidas para promover o desenvolvimento pessoal e competências sociais, que sabemos são a base para uma melhor inclusão destes jovens”, esclareceu o responsável.

Papel social que a vereadora do Desporto, Sameiro Araújo, também elogia.
“É um balanço, extremamente, positivo. Gostaria de realçar, sobretudo, aquilo que o desporto é capaz. O desporto é capaz de muita coisa e uma das mais importantes é a inclusão social. Julgo que não há nada melhor do que o desporto para incluir socialmente e ajudar tantas e tantas pessoas que andam sem rumo na vida. Esta é a prova de que é possível”, frisou, elogiando o trabalho desenvolvido.
“É sempre gratificante ver equipas que se batem bem. Madeira já perseguia este título e finalmente conquistou. Estão todos de parabéns, quando há uma entrega e uma causa como esta tudo vale a pena”, rematou.

Associação CAIS:
Futebol pela inclusão num desafio que é para todos

O projecto Futebol de Rua assenta numa mensagem de inclusão, num desafio que é para todos, pretendendo estimular a capacitação de indivíduos em situação de fragilidade e exclusão social, nomeadamente em fragilidade habitacional, permitindo o desenvolvimento de competências pessoais e sociais por meio da prática desportiva.
A Associação CAIS é, desde 2004, a embaixadora do Futebol de Rua em Portugal, num projecto onde participam homens e mulheres com mais de 15 anos e que tem crescido ano após ano, chegando a cada vez mais pessoas espalhadas por todo o país.
Depois de uma fase local, com torneios regionais, a final nacional disputou-se em Braga, com um total de 23 equipas e perto de 250 pessoas envolvidas. É desta fase final que vão sair os jogadores a integrar a selecção nacional de Futebol de Rua, que vai representar Portugal, em Novembro, no Campeonato do Mundo, no México.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.