Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Luz verde para edifício de Cultura e Inovação
Carvalhal lamentou ausências limitadoras

Luz verde para edifício de Cultura e Inovação

Guerreiros do Minho apontam baterias a deslocação à madeira

Luz verde para edifício de Cultura e Inovação

Alto Minho

2021-06-19 às 06h00

Redacção Redacção

Tribunal de Contas deu parecer favorável. Obras no terreno arrancam já na próxima semana. Para o autarca Fernando Nogueira esta obra insere-se na política encetada pelo actual executivo municipal “de privilegiar a recuperação do edificado”.

O Tribunal de Contas emitiu visto favorável à empreitada de adaptação do antigo quartel dos Bombeiros Voluntários a Edifício de Cultura e Inovação de Vila Nova de Cerveira, num investimento de mais de 1ME. Os trabalhos no terreno arrancam já na próxima semana.
Para o autarca, esta obra insere-se na política encetada pelo actual executivo municipal “de privilegiar a recuperação do edificado ao invés de construir novos edifícios que, a maioria das vezes, se constituem como ‘pequenos ou grandes elefantes brancos’, com pouca utilidade prática e futura”. Fernando Nogueira sublinha que a empreitada em causa visa “uma reabilitação profunda de um edifício histórico, localizado à entrada da vila, conferindo-lhe uma dinâmica digna e ajustada ao espaço e ao ambiente envolvente”.
Assim, o rés-do-chão vai concentrar os Serviços Municipais de Ação Social e da Segurança Social, bem como a construção de uma nova e moderna Biblioteca Municipal, libertando o histórico imóvel do Solar dos Castros para preparar uma possível candidatura para acolher o Museu da Bienal de Cerveira, em plena ‘sala de visitas’ do concelho. Já o piso superior fica reservado para fins culturais, recreativos e de associativismo, mantendo-se o funcionamento independente ou integrado do Cineteatro de Cerveira – Marreca Gonçalves.
Integrada no Plano de Ação de Regeneração Urbana do concelho, e com um investimento de mais de 1ME, financiado pelo FEDER através do Programa Operacional Norte 2020, a empreitada avança para o terreno no imediato, prevendo-se que estejam totalmente concluídos no início de 2022.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho