Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
‘Parlamento dos Jovens’ transmitido on-line
Monção: "a vacinação reforça a esperança e a confiança no futuro"

‘Parlamento dos Jovens’ transmitido on-line

Barcelos: Requalificação da Rua Nossa Senhora das Candeias, em Chavão

‘Parlamento dos Jovens’ transmitido on-line

Braga

2010-03-03 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Setenta alunos de 22 escolas secundárias do distrito de Braga participaram ontem na sessão distrital do programa ‘Parlamento dos Jovens’, iniciativa que, pela primeira vez, foi transmitida on-line. A iniciativa decorreu no auditório do IPJ.

Setenta alunos de 22 escolas secundárias do distrito de Braga participaram ontem em mais uma edição do programa ‘Parlamento dos Jovens — Secundário’, iniciativa que este ano coloca em destaque a comemoração do centenário da implantação da República.
Organizado pelo Instituto da Juventude (IPJ), Ministério da Educação e Assembleia da República, este programa contou ontem com uma inovação: a transmissão da sessão via web.

Sobre esta transmissão on-line, o director regional do Norte do IPJ, Vítor Dias, revelou que se trata de um projecto-piloto, que se vai desenvolver apenas nas cinco finais distritais do norte. “Faz-se aqui, porque foi uma ideia nossa”, explicou o responsável.

“Entendemos que era importante que os alunos que ficaram nas escolas e que não tiveram oportunidade de vir à sessão distrital pudessem assistir ao decurso da sessão. Da mesma forma, os familiares dos alunos aqui presentes também têm oportunidade para assistir ao desempenho dos alunos nesta sessão”, acrescentou o director regional em declarações ao ‘Correio do Minho’.
Conduzida pelo ‘deputado’ Tiago André Silva, da Escola Santos Simões, do concelho de Guimarães, a iniciativa arrancou com a habitual sessão de abertura, onde se destacou a presença do jovem deputado Nuno Reis, eleito pelo círculo eleitoral de Braga.

Deputado Nuno Reis apadrinhou iniciativa

Nas breves palavras que dirigiu à plateia, Nuno Reis lembrou que “grandes projectos nascem, por vezes, de pequenas grandes ideias, que vão evoluindo e ganhando corpo”.
Referiu que este programa começou a ser desenvolvido há 15 anos, com a adesão de 80 escolas, e actualmente envolve mais de 800 de todo o país, das quais 362 são escolas do ensino secundário.

“A Assembleia da República e os políticos em geral têm, por vezes, uma imagem não muito boa, muito por culpa dos pró-prios que se afastam dos problemas reais das pessoas. É com projectos deste género, com a possibilidade dos deputados contactarem com os cidadãos, com as populações, de participarem em projectos, que é possível, no futuro, uma sociedade melhor e em que os políticos tenham melhor imagem”, referiu o jovem deputado.
Nuno Reis teve ainda oportunidade para responder a questões sobre o funcionamento do Parlamento e outros órgãos do poder político.

‘Deputados’ da Escola Secundária de Barcelos propõem trabalho comunitário para desempregados

Andreia Ferreira, Carlos Brito e Bárbara Machado foram os ‘deputados’ que representaram a Escola Secundária de Barcelos. Antes do início dos trabalhos, Carlos Brito revelou ao ‘CM’ as propostas que iam defender em plenário: “Vamos propor a implementação de um regime de trabalho comunitário obrigatório para as pessoas que usufruem de subsídio de desemprego; propomos também equalizar o apoio financeiro que os cursos do ensino secundário regular recebem ao que recebem os cursos do profissional; finalmente, a terceira medida visa incentivar o povo português a ter uma participação política mais activa, por exemplo via referendo”.

Cinco escolas vão a Lisboa

São cinco as escolas que vão representar o distrito de Braga na sessão nacional do programa ‘Parlamento dos Jovens’. Na sessão distrital de ontem foram eleitas: Alfacoop — Externato Infante D. Henrique; Profitecla —Pólo de Guimarães; Escola Secundária de Barcelos; Escola Secundária Santos Simões; e o Externato Delfim Ferreira.
Cada escola levará à sessão nacional, que se realiza nos dias 26 e 27 de Abril, dois alunos/deputados.

Como suplementes ficam a Didáxis e a Escola Secundária D. Maria II. Para porta-voz do grupo parlamentar de Braga foi eleito Ricardo Soares.
Quanto às medidas que os jovens bracarenses vão apresentar na sessão nacional, que também foram votadas e debatidas na sessão de ontem, podemos adiantar que vão ser propostas a adopção de crianças por casais homossexuais; a realização de uma entrevista vocacional aquando da candidatura de acesso ao ensino superior; e ainda a exigência de uma justiça mais célere e eficaz.

Alunos de Vizela querem reforçar a participação dos cidadãos na política activa

As propostas apresentadas pelos ‘deputados’ da Escola Secundária de Vizela visam reforçar a participação dos cidadãos na política activa. “Nós tememos que a política, devido a sucessivas crises de valores, se tenha tornado em demagogia. Pretendemos reforçar o papel dos cidadãos tornando-os parte activa das decisões que são tomadas para o país”, explicou Mário, aluno da área de Ciências e Tecnologias.

Acompanhados por alguns alunos da escola que quiseram assistiram à sessão ao vivo, os representantes da escola de Vizela propuseram três medidas: criação de uma disciplina de ‘Organização Política e Administrativa’ no ensino secundário de frequência obrigatória; direito a um referendo mediante a apresentação de 100 mil assinaturas até 30 dias após o debate de qualquer proposta de lei na Assembleia da República; e conceder à população o direito de elaborar projectos de lei, através da junção de uma petição subscrita por pelo menos 200 mil cidadãos votantes.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho