Correio do Minho

Braga,

- +
‘Livres e Iguais’ combate racismo xenofobia e discriminação étnica
Líder sem medo de se impor abate castores muito mansos

‘Livres e Iguais’ combate racismo xenofobia e discriminação étnica

A vontade era tanta que o milho ‘evaporou’ na desfolhada minhota de Parada de Gatim

‘Livres e Iguais’ combate racismo xenofobia e discriminação étnica

Braga

2017-10-25 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

Porque o racismo, a discriminação étnica e a xenofobia ainda persistem em 2017 e ainda motivam muitos preconceitos, o músico Carlão dar a cara e a voz ao projecto pedagógico ‘Livres e Iguais’, ontem apresentado no Museu D. Diogo de Sousa, assinalando o Dia Municipal para a Igualdade e o Dia das Nações Unidas. O projecto, que resulta da parceria entre Carlão e a empresa bracarense Betweien, é direccionado para os alunos do 3.º ciclo do Ensino Básico e Secundário, trabalhando aquelas problemáticas e promovendo uma sociedade intercultural.

Porque o racismo, a discriminação étnica e a xenofobia ainda persistem em 2017 e ainda motivam muitos preconceitos, o músico Carlão dar a cara e a voz ao projecto pedagógico ‘Livres e Iguais’, ontem apresentado no Museu D. Diogo de Sousa, assinalando o Dia Municipal para a Igualdade e o Dia das Nações Unidas.
O projecto, que resulta da parceria entre Carlão e a empresa bracarense Betweien, é direccionado para os alunos do 3.º ciclo do Ensino Básico e Secundário, trabalhando aquelas problemáticas e promovendo uma sociedade intercultural.

“Quando foi feito o contacto, claro que embarquei na aventura, é algo que me diz muito esse tipo de acções. Acho que estão exercícios bastante úteis, não só para os miúdos, mas também para nós. Eu mesmo passei por algo assim a fazer uma letra. Acho que é um trabalho muito válido”, confessou o músico, que cantou as três músicas que compôs para o trabalho, uma para cada tema.
Além da apresentação musica a sessão de lançamento de ‘Livres e Iguais’ contou também com uma reproduzação teatral de partes do livro.

Firmino Marques, vice-presidente da Câmara Municipal de Braga, saudou a empresa por desenvolver projectos deste cariz a partir do concelho de Braga.
“Nada melhor para celebrar este evento do que apresentar este livro. Qualquer percurso que se faça é um bom percurso para chegar ao tal patamar de olharmos os outros como a nós mesmos”, declarou o autarca.
Por sua vez, Narciso Moreira, coordenador de ‘Livres e Iguais’, salientou a importância da discussão de temas como esses com os jovens.

“A ideia é inovar na educação. Temos conteúdos, que são grande parte das vezes transversais, e não são abordados em contexto escolar. Ou se são, são de forma muito rápida. Queremos levar essas apresentações de forma diferente. Sabemos que não vamos mudar comportamentos, pois as acções são curtas, no entanto, sabemos que vão sensibilizar de algum modo para que alguns comportamentos sejam reflectidos”, explicou o responsável da Betweien.
Na sessão do Museu D. Diogo de Sousa participaram alunos do concelho de Braga que, no final, receberam exemplares do livro ‘Livres e Iguais’.

Num modelo de apresentação específico, as escolas e outras instituições educativas poderão também receber uma adaptação das narrativas do livro ao teatro. Literatura, Música e Teatro são os três componentes a que alunos/as e professores/as poderão ter acesso, na apresentação deste projecto.
‘Livres e Iguais’ beneficia ainda de duas parcerias estratégicas com a SOS Racismo e o Conselho Português para os Refugiados, parceiros que dão a garantia de qualidade dos conteúdos explorados.

Deixa o teu comentário

Últimas Braga

15 Setembro 2019

Braga promove-se na Suíça

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.