Correio do Minho

Braga, sábado

‘Espaço Vila’ com portagem para concertos “fora do comum”
Tertúlia evidencia importância da gastronomia na valorização do território

‘Espaço Vila’ com portagem para concertos “fora do comum”

Apresentado Plano de Operações Distrital no âmbito do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais 2019

Braga

2011-06-14 às 06h00

José Paulo Silva

A câmara autorizou cobrança de entrada no ‘Espaço Vila’, na Alameda D. António Ribeiro uma vez por semana. A empresa concessionária diz que cinco euros serão exigidos aquando da realização de alguns concertos.

A empresa ‘Lokal Livre, Lda’ pretende cobrar bilhete de acesso ao espaço de animação ‘Vila’, que ocupa parte da Alameda D. António Ribeiro, em alguns dias do programa de 120 concertos previstos para este Verão. Hélder Gonçalves, responsável pela direcção de comunicação do ‘Projecto Multi-Cultural Vila’, gerido por aquela empresa, especificou ontem que a cobrança de bilhetes de acesso, acontecerá aquando da realização de “um concerto fora do comum e espectacular”.

Nessas ocasiões, o acesso ao espaço ‘Vila’, com palco para concertos e vários espaços de restauração e bebidas, deverá custar cinco euros.
Em conferência de imprensa, o responsável do Projecto Vila não especificou que critérios levarão à cobrança ou não de bilhetes naquele espaço público.

Protocolo assinado com a Câmara

Mercê de um protocolo assinado com a Câmara de Braga, a empresa ‘Lokal Livre’ está autorizada a fechar a alameda um dia por semana para cobrança de entrada.
O acordo com a empresa, motivou protestos de cidadãos e forças políticas que se manifestaram contra o encerramento da Alameda D. António Ribeiro e, concretamente, a cobrança de direito de entrada.

“Se acharem que é polémica fazermos concertos espectaculares para a cidade e cobramos bilhetes entre 19h00, 20h00 e a duas da manhã...”. Hélder Gonçalves reagiu desta forma às notícias sobre a cobrança de portagem de acesso a um espaço público que se degradou bastante nos últimos anos e que a empresa ‘Lokal Livre’ quer explorar “com muita música ao vivo, exposições e performances culturais”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.