Correio do Minho

Braga, quinta-feira

‘Ares de Sobreposta’ eterniza memórias da freguesia
Festival de Teatro de Viana do Castelo acontece até 18 de novembro e apresenta 11 espetáculos diferentes

‘Ares de Sobreposta’ eterniza memórias da freguesia

Comunidades de Famalicão vão gerar e gerir agenda com o apoio do município

Braga

2015-07-12 às 19h11

Redacção

A população de Sobreposta aderiu em grande número à apresentação do livro ‘Ares de Sobreposta’, que decorreu no passado sábado à noite, no salão da autarquia local. A obra de José Fernandes da Silva foi apresentada por António Coelho, presidente da Associação Social e Cultural de Sobreposta, e contou com a presença do presidente da Junta de Freguesia, Alexandre Vieira.

A população de Sobreposta aderiu em grande número à apresentação do livro ‘Ares de Sobreposta’, que decorreu no passado sábado à noite, no salão da autarquia local. A obra de José Fernandes da Silva foi apresentada por António Coelho, presidente da Associação Social e Cultural de Sobreposta, e contou com a presença do presidente da Junta de Freguesia, Alexandre Vieira.

Foi uma noite emotiva, entre amigos, com vários momentos musicais, que serviu para apresentar a mais recente obra de José Fernandes. Com ‘Ares de Sobreposta’, o autor, que é invisual desde os oito anos de idade, partilhou a sua memória que é comum à memória da freguesia.

“A minha intenção é que este livro represente alguma coisa da nossa terra. Que fosse buscar, com singeleza, algumas imagens que tenho da minha infância e juventude, do tempo feliz em que vi. O livro acaba por ser um pedaço de pedaços de mim, uma reunião de tempos que vivi. E sempre gostei muito de ter vivido em Sobreposta”, explicou José Fernandes.

O livro, que foi publicado pela Associação Social e Cultural de Sobreposta, foi apresentado por António Carlos Coelho, presidente da coletividade.

“Agradeço ao José Fernandes por nos dar a oportunidade de publicar este livro e agradeço ainda à Junta de Freguesia de Sobreposta que apoiou esta publicação. ‘Ares de Sobreposta’ retrata cenas da vida da freguesia por alguém que tem 67 anos, mas vistas pelo olho de quem tem sete ou oito anos e acho que é isso que faz destes textos algo de muito especial. Esta obra transmite uma mensagem de amor, de amizade, generosidade, de fraternidade e de respeito pelo outro”, disse António Coelho.

Já Alexandre Vieira, presidente da Junta de Freguesia de Sobreposta, considera a publicação uma honra para a freguesia.

“É com muita honra que a Junta de Freguesia de Sobreposta apoiou esta magnífica obra do José Fernandes. A Associação Social e Cultural de Sobreposta está igualmente de parabéns por ter contribuído e ajudado para a realização desta obra que é sem dúvida um grande motivo orgulho para toda a freguesia, que poderá agora recordar histórias através deste livro”, disse o presidente.

*** Nota da Junta de Freguesia de Sobreposta ***

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.