Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Lei Guerreira na Meia Maratona de Braga
Adega Cooperativa de Monção com recorde de vendas

Lei Guerreira na Meia Maratona de Braga

Piscina da Ponte reabre a 22 de Junho

Lei Guerreira na Meia Maratona de Braga

Desporto

2024-04-08 às 06h00

Fábio Moreira Fábio Moreira

Meia Maratona de Braga teve duas vitórias arsenalistas, com Miguel Borges e Vanessa Carvalho a vencerem as provas masculinas e femininas. Luís Oliveira e Ana Marinho venceram a corrida de 5 km.

Citação

As ruas da Cidade dos Arcebispos fecharam-se para mais uma edição da Meia Maratona de Braga. Uma edição marcada pela realização das provas de cinco quilómetros de estrada e pelos triunfos arsenalistas de Miguel Borges e Vanessa Carvalho (que estabeleceu um novo recorde de prova) na meia maratona de 21 quilómetros.
Na prova masculina da Meia Maratona de Braga, Miguel Borges foi o 1.º classificado com o tempo de uma hora, cinco minutos e 44 segundos. O 2.º lugar também ficou nas mãos dos Guerreiros do Minho, fruto da prestação de Paulo Barbosa. Nuno Lopes, do Vitória FC, ocupou a 3.ª posição.

Já na prova feminina, Vanessa Carvalho, do SC Braga, assumiu-se como a estrela desta edição. A arsenalista conquistou a terceira vitória na prova e fê-lo em estilo, estabelecendo um novo recorde da prova feminina, com o tempo de uma hora, 13 minutos e 22 segundos. Vanessa Carvalho superou a concorrência de Mónica Silva (Salgueiros) e Carla Martinho (Águeda), que também subiram ao pódio.
Nas provas de cinco quilómetros, a contar para os nacionais de estrada, Luís Oliveira, do Benfica, foi o vencedor masculino, sendo acompanhado no pódio pelos colegas de equipa, Pedro Amaro e Paulo Rosário.
Por sua vez, na corrida feminina, Ana Marinho (do S. Salvador do Campo) bateu a concorrência da sua colega Mónica Silva e de Kcénia Bougrova (Run Tejo-Prev.Sprain) para confirmar o triunfo.
Nota ainda para Afonso Gomes, do SC Braga, que se sagrou campeão nacional de sub-18.

Vanessa Carvalho: “Muito contente por fixar novo recorde”

Um dos grandes destaques desta edição da Meia Maratona de Braga foi o triunfo de Vanessa Carvalho. A atleta do SC Braga conquistou o 1.º lugar desta prova pela 3.ª vez em cinco anos, sendo que o fez com um novo recorde de prova.
A arsenalista cruzou a meta dos 21 km em uma hora, 13 minutos e 22 segundos, superando a marca fixada por Dulce Félix na edição de 2022 (uma hora, 13 minutos e 32 segundos).
“É a terceira vez que consigo vencer. Nunca é fácil vencer esta prova, mas o facto de correr em casa dá-me uma vantagem que é o apoio do público. Senti sempre muito incentivo dos bracarenses ao longo de todo o percurso. Estou muito contente por fixar um novo recorde”, apontou Vanessa Carvalho.
Outro arsenalista vitorioso nesta prova foi Miguel Borges, que assegurou que o percurso foi bastante exigente.

“Uma meia maratona nunca é fácil. O percurso acaba por ser muito exigente. O grupo foi muito compacto até aos 15 km. Eu fui mais forte a fechar o último quilómetro e estou muito contente por esta vitória. Quero retribuir a aposta que o clube fez em mim com títulos”, confessou o vencedor masculino.
Já na corrida de cinco quilómetros, o vencedor masculino, Luís Oliveira, elogiou a forte adesão do público bracarense, enquanto que Ana Marinho (vencedora feminina) elogiou a organização desta prova.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho