Correio do Minho

Braga,

“Taça de Portugal é um objectivo definido desde o início da época”
Vila Nova de Cerveira e Tomiño escolhem três projectos comuns

“Taça de Portugal é um objectivo definido desde o início da época”

Póvoa de Lanhoso: Avelino Silva visitou União de Freguesias de Campos e Louredo

Desporto

2017-10-14 às 06h00

Miguel Machado

ABEL FERREIRA promete um Guerreiro “duro, sério, forte e criativo” no jogo de hoje, na vila das Aves, frente ao S. Martinho para a 3.ª eliminatória da Taça de Portugal. Treinador do SC Braga quer o Jamor.

Com Jamor no horizonte, a equipa do SC Braga vai iniciar hoje, na Vila das Aves, mais uma caminhada na Prova Rainha do futebol português. Abel Ferreira afirma que chegar à final da Taça de Portugal é um objectivo “bem definido no clube desde o início da época”, por isso o treinador promete um Guerreiro “duro e sério” no embate com o S. Martinho, adversário do terceiro escalão nacional.
“Acima de tudo, este jogo é mais um teste ao nosso instinto competitivo. É um jogo único e irrepetível, que queremos superar. A Taça de Portugal é um objectivo que temos bem definido nas nossas ambições para esta temporada. Vamos para o jogo com o S. Martinho, sabendo da obrigação de vencer”, afirmou ontem Abel Ferreira, no lançamento da partida marcada para esta tarde, a partir das 18 horas, no Estádio do Aves.
Apesar do adversário ser modesto, o treinador do SC Braga mostra “máximo respeito” pelo 7.º classificado da Série A do Campeonato de Portugal, e não admite falhas no profissionalismo dos Guerreiros do Minho.
“O carácter, o orgulho e a humildade não têm divisão. Os meus jogadores sabem muito bem isso, até porque muitos deles já jogaram em divisões inferiores. Quero vos dizer que a forma como preparamos este jogo com o S. Martinho foi exactamente como preparamos o jogo com o Hoffenheim, para a Liga Europa. O nosso respeito pelo adversário começou logo na preparação”, vincou o técnico.
Como tem sido norma desde o início da época, Abel deve voltar a apresentar novidades no onze, mas mostra-se confiante em mais uma resposta positiva.
“Somos uma equipa todo-o-terreno. Para vencermos temos que ser duros, sérios, fortes e criativos. Teremos de ser uma equipa dinâmica e agressiva. E temos de ser objectivos na finalização. Mas até à data de hoje, tenho de vos dizer que todos os jogadores que têm estado disponíveis têm correspondido às expectativas, quer a nível individual, quer colectiva. Tenho a certeza que quem for escolhido para jogar vai dar o seu melhor, sabendo da obrigação que temos de vencer o jogo”, rematou.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.