Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
José Manuel Fernandes garante “proximidade” rumo à coesão social
“Um bom resultado é marcar e não sofrer”

José Manuel Fernandes garante “proximidade” rumo à coesão social

Estão abertas as inscrições para o Banco de Terras de Guimarães

José Manuel Fernandes garante  “proximidade” rumo à coesão social

Cávado

2019-03-24 às 10h00

Redacção Redacção

Fernando Negrão apresentou esta sexta-feira a obra ‘Pela Nossa Terra - Minho 2019’, de José Manuel Fernandes, em Vila Verde. O candidato do PSD às Eleições Europeias reitera o compromisso de “proximidade” e defesa da “coesão social”.

Sem nunca abdicar do compromisso de proximidade e da prioridade à coesão social e territorial, o candidato do PSD às Eleições Europeias, José Manuel Fernandes, assume-se determinado em “continuar a dar o máximo, para ajudar as pessoas, as populações e o desenvolvimento das nossas terras”.

Na sessão pública de apresentação do livro ‘Pela Nossa Terra – Minho 2019’ que teve lugar na noite desta sexta-feira em Vila Verde, José Manuel Fernandes deixou mesmo o desafio para que todos se mobilizem para “darem o máximo pelas suas terras e comunidades”.

“Todos são importantes nesta missão e neste trabalho. Como tenho feito, sabem que não vos vou enganar nem desiludir: podem continuar comigo para dar o máximo. E conto com todos para continuarmos a trabalhar pela nossa terra”, assumiu o candidato, no lotado auditório da Casa das Artes e Cultura de Vila Verde. José Manuel Fernandes reiterou as vantagens em cumprir o compromisso de proximidade, até porque, além de ser “um dever e obrigação, é sobretudo uma mais valia para o trabalho” a desenvolver.

“Quando um político se desprende das suas raízes e foge do contacto com a realidade, não estará em condições para encontrar as melhores soluções”, vincou, perante uma plateia repleta de autarcas e pessoas de “diferentes sensibilidades políticas”, incluindo líderes de comunidades intermunicipais, o presidente da Atahca, Mota Alves, e o provedor da Misericórdia de Braga, Bernardo Reis.
Em defesa da Europa e das suas regiões, José Manuel Fernandes sublinha que, a par da proximidade, nomeadamente no Minho, foi possível obter grandes vitórias no Parlamento Europeu na defesa dos fundos europeus e do financiamento da política de coesão, assim como de programas para a juventude, para a investigação e inovação.

Orgulha-se de conciliar as condições de “minhoto, português e europeu” e aponta satisfação pelos resultados no Plano Juncker e do programa de investimentos InvestEu para 2021-2027, de importância vital para a a dinamização económica e empresas.

Fernando Negrão apresentou a obra. “José Manuel Fernandes trabalha muito e nunca deixou as suas raízes. Tem um compromisso e honra-o. Precisamos de mais José Manuel Fernandes”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.