Correio do Minho

Braga, quinta-feira

José Manuel Fernandes defende Agência Europeia do Medicamento em Braga
Caminha assinala os 140 anos da chegada do comboio ao concelho

José Manuel Fernandes defende Agência Europeia do Medicamento em Braga

Eurodeputado nomeado representante do PPE

Nacional

2017-06-14 às 06h00

Redacção

Os Eurodeputados do PSD Paulo Rangel e José Manuel Fernandes lançaram uma petição pública online a fim de promover a descentralização e incluir o Norte do país nas opções para futura sede da Agência Europeia do Medicamento. Em causa está a decisão do Governo em centralizar em Lisboa a proposta de localização da Agência do Medicamento que vai deixar de estar localizada no Reino Unido.

Os Eurodeputados do PSD Paulo Rangel e José Manuel Fernandes lançaram uma petição pública online a fim de promover a descentralização e incluir o Norte do país nas opções para futura sede da Agência Europeia do Medicamento.
Em causa está a decisão do Governo em centralizar em Lisboa a proposta de localização da Agência do Medicamento que vai deixar de estar localizada no Reino Unido.

José Manuel Fernandes refere que a opção por Lisboa é mesmo um argumento negativo para a candidatura de Portugal, considerando que o critério da descentralização que preside a esta iniciativa da União Europeia em distribuir pelo território europeu este tipo de organismos e agências europeias.
Aponta que Lisboa é já sede de duas agências europeias: o Observatório da Droga e da Toxicodependência e a Agência Europeia de Segurança Marítima.

Para José Manuel Fernandes, coordenador do PPE na Comissão dos Orçamentos, 'o governo ao insistir na instalação da agência de medicamentos em Lisboa, está a prejudicar o sucesso da candidatura e a promover o centralismo ao contrário do que tem vindo a afirmar'.
Contra a opção centralista do governo, os eurodeputados do PSD Paulo Rangel e José Manuel Fernandes decidiram lançar uma campanha para travar a decisão do Governo e incluir as cidades de Porto e Braga na corrida à sede da Agência Europeia do Medicamento.

Paulo Rangel e José Manuel Fernandes entendem que Portugal possui outras cidades com todas as condições para receberem a sede da AEM e dá o exemplo de Porto e Braga. Entre os argumentos, destacam o facto de tanto o Porto como Braga possuírem património edificado mais do que suficiente e mais do que apropriado a poder instalar os serviços da dita Agência num prazo curto, tão curto quanto o que é especificado nos requisitos de candidatura.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.