Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
José Manuel Fernandes é o português mais influente no Parlamento Europeu
Cruzar os ceús de Braga pelos sonhos do Tomás

José Manuel Fernandes é o português mais influente no Parlamento Europeu

Cidade dos Arcebispos no ‘top 5’ das melhores cidades europeias para viver

José Manuel Fernandes é o português mais influente no Parlamento Europeu

Nacional

2020-10-13 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

José Manuel Fernandes, além de ser o eurodeputado português mais influente, é também o 7.º mais influente de todo o Parlamento Europeu, isto é, num universo de 705 eleitos dos 27 Estados-Membros. É o que diz o ranking da VoteWatch.

José Manuel Fernandes é o eurodeputado português mais influente e o 7.º mais influente de todo o Parlamento Europeu, segundo o ranking de 2020, elaborado pela VoteWatch, que ontem foi divulgado em Bruxelas.
O ranking, elaborado pela VoteWatch mede a influência dos deputados europeus de todos os 27 Estados-Membros da União Europeia (UE) e apresenta “os deputados europeus que estão actualmente mais bem posicionados para influenciar a formulação das políticas da UE nos próximos anos”.
José Manuel Fernandes destaca-se não só por ser o eurodeputado mais influente entre os 21 eleitos por Portugal, mas também, e sobretudo por ser o 7.º mais influente no universo de 705 eurodeputados dos 27 Estados-Membros que compõem o Parlamento Europeu.

Neste ranking da VoteWatch, entre os 100 primeiros posicionados, surgem apenas cinco eurodeputado portugueses.
Além do eurodeputado minhoto, o próximo nome na lista surge apenas em 33.º lugar: o socialista Pedro Silva Pereira. Em 44.º encontramos Paulo Rangel, do PSD. Margarida Marques e Carlos Zorrinhos, do PS, surgem, respectivamente, nas 61.º e 88.º posições.
Recorde-se que, em 2019, José Manuel Fernandes surgia na 44.ª posição deste ranking, sendo na altura também o eurodeputado português melhor posicionado.
Ao ascender ao 7.º lugar de um ranking liderado por David-Maria Sassoli, o presidente do Parlamento Europeu, o eurodeputado do PSD e, consequentemente, Portugal ganham uma influência substancial em comparação com o mandato anterior.

Segundo justifica a VoteWatch, José Manuel Fernandes destaca-se pelo seu “papel de liderança” em vários dossiês de política relacionados com os recursos próprios da UE e o Fundo de Solidariedade da UE, que conferiu assistência a Portugal, Espanha, Itália e Áustria, em virtude dos danos causados por calamidades naturais. Neste relatório, o termo “influência” indica “em que medida um deputado do Parlamento Europeu molda a política da UE, sem considerar a direcção (ideológica) em que essa política é moldada”. A análise estatística do Índice de Influência elaborada pela VoteWatch corresponde ao período de um ano e abrange até Agosto de 2020.
Para medir os eurodeputados mais influentes, a VoteWatch analisou a influência política, ou seja, a capacidade dos eurodeputados de mudar a legislação, ganhar votos e moldar debates; e a influência social, medida pela habilidade de alcançar pessoas, moldar a conversa pública e construir uma comunidade de apoio nas redes sociais.
Para a elaboração destes Índices, a Votewatch tem em conta diversos aspectos da actividade de cada eurodeputado, nomeadamente as posições de liderança formais e informais assumidas pelos mesmos, a sua participação em Comissões, o comportamento eleitoral e o trabalho legislativo realmente efectuado, entre outros.

A influência do eurodeputado

José Manuel Fernandes é o coordenador de Orçamentos em representação do PPE e é o presidente da Delegação para as relações com o Brasil.
Foi relator de vários dossiês da Comissão dos Orçamentos, nomeadamente o dossiê sobre a Mobilização para o Ajustamento à Globalização Europeia. Actualmente, lidera o dossiê de Mobilização do Fundo de Solidariedade da União Europeia, trabalhando ainda no programa de apoio à reforma 2021–2027.
É vice-presidente do intergrupo Mudança Climática, Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável e membro da Conferência dos Presidentes das Delegações, da Comissão dos Orçamentos, da Comissão do Controlo Orçamental, da Delegação para as relações com o Mercosul e da Delegação à Assembleia Parlamentar Euro-Latino-Americana.
Entre outras coisas, é membro suplente da Comissão do Emprego e dos Assuntos Sociais, da Delegação para as Relações com os Países do Magrebe e a União do Magrebe Árabe, incluindo Comissões Parlamentares Mistas.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho