Correio do Minho

Braga, terça-feira

João Monteiro candidato ao Conselho Geral da UMinho
SC Braga garante apuramento para os oitavos com goleada em casa do Cadmia

João Monteiro candidato ao Conselho Geral da UMinho

TUB e U-DREAM celebram protocolo de colaboração

Ensino

2017-02-17 às 14h32

José Paulo Silva

João Monteiro, presidente da Escola de Engenharia, anunciou ontem a liderança de uma candidatura ao Conselho Geral da Universidade do Minho. Sob o lema ‘Uma Universidade de todos para todos’, o programa desta lista de professores e investigadores propõe assegurar que o Conselho Geral, órgão que tem como responsabilidade a eleição do reitor, “venha a ter um papel realmente mais interventivo na apreciação dos seus actos, seja garante da transparência das suas decisões e personifique uma preocupação de representação”.

João Monteiro, presidente da Escola de Engenharia, anunciou ontem a liderança de uma candidatura ao Conselho Geral da Universidade do Minho. Sob o lema ‘Uma Universidade de todos para todos’, o programa desta lista de professores e investigadores propõe assegurar que o Conselho Geral, órgão que tem como responsabilidade a eleição do reitor, “venha a ter um papel realmente mais interventivo na apreciação dos seus actos, seja garante da transparência das suas decisões e personifique uma preocupação de representação”.

Os princípios orientadores desta candidatura, ontem dados a conhecer, relevam que “assumindo-se a Universidade do Minho como uma Universidade de Investigação, tal não pode e não deve elidir o facto de que se tem vindo a descurar o principal desígnio social (e económico) de uma Universidade: ensinar com qualidade”.

Os elementos da lista de João Monteiro consideram que “a actual contribuição do Orçamento de Estado (praticamente nulo ou tardiamente atribuído e avalizado pelas Escolas) e das propinas de 1º e 2º ciclos (excepto os relativos à percentagem das propinas do 2º ciclo com valores superiores à propina geral) para o Ensino põe em causa a sua qualidade e limita a actuação dos docentes que se vêem obrigados a manter conteúdos trabalhos e protocolos por falta de verbas”.

As eleições para o Conselho Geral da Universidade do Minho realizam-se a 21 de Março.
Rui Vieira de Castro e Óscar Gonçalves encabeçam outras listas de professores e investigadores.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.