Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Jamie Vardy estragou a festa bracarense
Altice Forum Braga preparado para receber votação antecipada das eleições presidenciais

Jamie Vardy estragou a festa bracarense

Associações empresariais: “apoios são insuficientes”

Jamie Vardy estragou a festa bracarense

Desporto

2020-11-27 às 06h00

Redacção Redacção

SC Braga empatou, em casa, com o Leicester City a três golos, num grande jogo com uma reta final de fortes emoções. Paulinho, Al Musrati e Fransérgio marcaram os golos que pareciam chegar para o triunfo, mas Vardy (aos 90+4m) estragou a festa do Braga.

Fábio Moreira

Num jogo cheio de drama, os minhotos acabaram por empatar com os ingleses do Leicester a três golos, num jogo a contar para a 4.ª jornada do grupo G da Liga Europa. Al Musrati, Paulinho e Fransérgio marcaram os tentos minhotos, mas Barnes, Thomas e Vardy estragaram a festa dos bracarenses.
Os Guerreiros do Minho entraram em campo com uma enorme sede de vingança e depressa mostraram aos ‘foxes’ que, no Minho, manda o SC Braga. Bastaram quatro minutos para os pupilos de Carlos Carvalhal assumirem a liderança do marcador, com Al Musrati a bombardear a bola para o fundo da baliza de Kasper Schmeichel. Todavia, o médio líbio não demorou muito a passar de herói a vilão. Aos nove minutos, Musrati perdeu a posse da bola em zona proibida e Barnes aproveitou para, com um bom remate, repor a igualdade no marcador.
No entanto, os Guerreiros do Minho não se mostraram afetados com este golo do empate e continuaram a assumir o controlo do encontro e a procurar o segundo tento. Depois de muito tentar, lá surgiu o golo aos 24 minutos, com Ricardo Horta a desfazer por completo a defesa britânica e a entregar para Paulinho, que só teve de empurrar para o fundo da baliza.
Contudo, os erros individuais dos minhotos persitiam e foi por muito pouco que, aos 28, o Leicester não empatou a partida, depois de Bruno Viana perder a bola na entrada da grande área. Valeu a defesa atenta de Matheus.
O SC Braga ainda poderia ter chegado ao terceiro ainda no primeiro tempo, mas Schmeichel brilhou e negou o golo a Ricardo Horta e a Paulinho (por duas ocasiões).
Descontente com o resultado ao intervalo o técnico dos ‘foxes’ mexeu na equipa e deu nova vida ao Leicester. Com Tielemans, Maddison e Vardy em campo, os ingleses tomaram conta do jogo e encostaram os minhotos ao último terço do campo. Contudo, os Guerreiros do Minho conseguiram adiar o momento que se adivinhava surgir. O segundo golo dos ‘foxes’ surgiu só aos 79 minutos quando Maddison, com brilhantismo, encontra Thomas na pequena área para este empatar a partida. O SC Braga não desistiu e continuou a procurar chegar ao golo do tão ansiado triunfo. E esse tento acabou por chegar num raro contra-ataque minhoto. Aos 89 minutos, Fransérgio, que tinha saltado do banco, colocou os minhotos outra vez na frente. Porém, esta liderança foi sol de pouca dura. Literalmente, no último ataque britânico, Maddison voltou a brilhar na criação da jogada, descobrindo Albrighton que cruzou rasteiro ao segundo poste onde apareceu Vardy para negar a festa dos bracarenses.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho