Correio do Minho

Braga, segunda-feira

IPCA coloca 820 novos estudantes de licenciatura
‘As aventuras de D. Quixote' ilustradas por alunos de Famalicão

IPCA coloca 820 novos estudantes de licenciatura

Câmara de Viana do Castelo inaugura ‘novo’ Parque Infantil de Nogueira

Cávado

2018-09-13 às 18h33

Redacção

Foi pelo reconhecimento que o IPCA tem que Mariana Roda, natural de Viana do Castelo, escolheu o IPCA como 1ª opção. A estudante, que no futuro se quer dedicar à ilustração e desenho de personagens, entrou no Instituto com a média mais alta deste ano (178,1) e escolheu o curso de Design Gráfico para a sua área de formação.

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) recebe este ano 820 novos estudantes de licenciatura.

Chegaram ao IPCA 3538 candidaturas para 667 vagas existentes. A procura da Instituição registou um crescimento face ao período homólogo de 2017/2018 onde se registaram 3421 candidatos.
O IPCA é, hoje, uma instituição de referência e procurado a nível nacional. Prova disso foi o IPCA ter sido a 1ª opção de ingresso no Ensino Superior para 640 candidatos.

De destacar ainda o facto de as médias de entrada no IPCA continuarem a registar excelentes resultados o que faz desta uma instituição com melhor qualidade e mais exigente.

Foi pelo reconhecimento que o IPCA tem que Mariana Roda, natural de Viana do Castelo, escolheu o IPCA como 1ª opção. A estudante, que no futuro se quer dedicar à ilustração e desenho de personagens, entrou no Instituto com a média mais alta deste ano (178,1) e escolheu o curso de Design Gráfico para a sua área de formação.

“Estou muito feliz por ter entrado no IPCA e ainda por cima ter entrado com a nota mais alta, não estava nada a contar”, refere com tom de satisfação. A estudante vinda do Agrupamento de Escolas de Monserrate adianta que os bons resultados se devem ao facto de dar o seu “melhor e quando se tem foco no que se quer consegue-se alcançar os objetivos”. Foi através da irmã que Mariana conheceu o IPCA que lhe agradou de imediato, não só por ser uma instituição reconhecida a nível de Design, mas também por ser perto. A vianense segue as pisadas do pai e da irmã, também eles da área do desenho, e espera que o “futuro reserve um lugar na ilustração de preferência em Portugal, perto da família que tanto prezo”.

Mariana deixa ainda uma mensagem aos estudantes do IPCA: “O mais importante é estar confortável com o que se está a estudar. Gostando da área que estamos podemos encarar os estudos como uma prática e preparação para o que vamos fazer na vida”.

Seguindo-se ao curso de Design Gráfico as médias mais altas registaram-se em Design Industrial (177,6) e em Engenharia de Sistemas Informáticos (174,9).
A nível de candidaturas, Gestão de Empresas é o curso onde concorrem mais candidatos em 1ª opção, seguindo-se Design Gráfico, Gestão de Atividades Turísticas e Solicitadoria;
A Escola Superior de Design e a Escola Superior de Hotelaria e Turismo têm taxas de ocupação de vagas superiores a 100%, seguindo-se a Escola Superior de Gestão com 99% e a Escola Superior de Tecnologia com 78%.
Os novos 820 estudantes que entraram no IPCA no ano letivo de 2018/2019 chegaram através do Concurso Nacional de Acesso (CNA), Concursos Especiais e Mudança de Par Instituição/Curso.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.