Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Investimento de 668 mil euros no alargamento da rede de saneamento em Castelo do Neiva beneficia 258 fogos
Pandemia não facilita entrada de novos elementos

Investimento de 668 mil euros no alargamento da rede de saneamento em Castelo do Neiva beneficia 258 fogos

Escolas acolhem filhos de trabalhadores de serviços essenciais

Investimento de 668 mil euros no alargamento da rede de saneamento em Castelo do Neiva beneficia 258 fogos

Alto Minho

2020-11-28 às 17h12

Redacção Redacção

Recorde-se que, em março passado, a empreitada de ampliação da rede de drenagem de águas residuais da margem sul do concelho de Viana do Castelo, que engloba as freguesias de Mujães, Vila de Punhe, Barroselas e Castelo do Neiva, obteve o visto do Tribunal de Contas. A obra, orçada em 615.713,00€ acrescidos de IVA, integra as intervenções previstas para a rede de águas residuais candidatada a fundos comunitários do programa POSEUR, no âmbito da constituição da empresa pública Águas do Alto Minho. 

O executivo municipal inaugurou hoje o alargamento da rede de saneamento em Castelo do Neiva, empreitada que vai beneficiar um total de 258 fogos. A primeira fase da obra de ampliação da rede de drenagem de águas residuais representou um investimento de 500 mil euros e alargou a rede a mais 218 fogos, tendo a segunda fase abrangido mais 40 fogos, numa obra de 168.500 euros.
Recorde-se que, em março passado, a empreitada de ampliação da rede de drenagem de águas residuais da margem sul do concelho de Viana do Castelo, que engloba as freguesias de Mujães, Vila de Punhe, Barroselas e Castelo do Neiva, obteve o visto do Tribunal de Contas. A obra, orçada em 615.713,00€ acrescidos de IVA, integra as intervenções previstas para a rede de águas residuais candidatada a fundos comunitários do programa POSEUR, no âmbito da constituição da empresa pública Águas do Alto Minho. 
No início do presente ano, a Câmara Municipal aprovou um investimento de 2,693 milhões de euros para garantir obras de ampliação da rede de drenagem de águas residuais em oito freguesias do concelho. As intervenções estão a decorrer nas freguesias de Cardielos, Serreleis, Torre e Vila Mou, na margem direita do rio Lima, e Mujães, Barroselas, Vila de Punhe, e Castelo de Neiva, na margem sul.
A Águas do Alto Minho é detida em 51% pela Águas de Portugal (AdP) e em 49% por sete municípios do distrito de Viana do Castelo (Arcos de Valdevez, Caminha, Paredes de Coura, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira), que compõem a Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho