Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Incêndios continuam no Gerês
Freguesia de Gualtar exige um posto dos CTT

Incêndios continuam no Gerês

Vizela: Chegaram primeiros contentores semienterrados

Casos do Dia

2012-03-28 às 06h00

Redacção Redacção

Mais de 40 homens combateram, ontem à tarde, as chamas na Bouça da Mó, em Campo do Gerês, concelho de Terras de Bouro. Em Barcelos, o fogo que deflagrou anteontem em Quintiães alastrou-se a outras freguesias.

Mais de 40 homens, entre os quais 22 bombeiros, e 17 sapadores florestais, combatiam, ontem à tarde, um fogo em mato na Bouça da Mó, em Campo do Gerês (Terras de Bouro).
No combate às chamas, que deflagraram pelas 15.26 horas, esteve também envolvido um helicóptero bombardeiro.
O fogo tinha, ao final da tarde de ontem, uma frente activa.

Outra situação preocupante para os bombeiros do distrito de Braga viveu-se em Barcelos.
O incêndio que começou na freguesia de Quintiães abrangeu, também, as localidades vizinhas de Carapeços, Vilar do Monte e Fragoso. Além dos Voluntários de Barcelos, esteve presente a corporação de Viatodos e os Bombeiros Voluntários de Braga.

Ainda no concelho de Barcelos, os Bombeiros Voluntários de Barcelinhos foram chamados, pelas 12.10 horas, a apagar as chamas em Gamil, numa zona de mato. Estiveram no local 11 elementos e três viaturas.

Em Fafe, as chamas devastaram uma área de mato em Sanfins, sendo necessária a intervenção de 22 bombeiros, 4 elementos do Grupo de Intervenção, Protecção e Socorro (GIPS) da GNR e quatro sapadores florestais, apoiados por 11 viaturas.
Os Voluntários da Póvoa de Lanhoso deram uma ajuda com cinco elementos e uma viatura.
As chamas foram detectadas às 10.00 horas.

Em Celorico de Basto, um fogo que deflagrou às 13.57 horas na zona da Charrisca encontrava-se activo ao fim da tarde de ontem e a ser combatido por 18 bombeiros com a ajuda de quatro veículos.

Dois incêndios no concelho de Guimarães (em Gominhães e São Torcato) obrigaram, ontem à tarde, à intervenção de seis elementos e duas viaturas dos Bombeiros Voluntários locais.
Em Ribeirão (Vila Nova de Famalicão), 22 bombeiros e quatro sapadores florestais atacaram as chamas a partir das 12.41 horas.

Em Vila Verde, um incêndio em Duas Igrejas foi combatido 4 bombeiros e uma viatura. O alerta foi dado às 16.05 horas e arderam mil metros quadrados de mato.
Em Ponte da Barca, foi detectado, pelas 12.28 horas, um incêndio na zona de Santiago.
Foram mobilizados para o local 13 bombeiros, 9 sapadores florestais e quatro elementos do GIPS, com a ajuda de sete viaturas. O fogo foi dominado às 15.19 horas.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.