Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Imóvel destinado a Lar de Idosos vai ser comprado pela câmara de Viana do Castelo
Dona Petisca: uma casa de petiscos bem portugueses

Imóvel destinado a Lar de Idosos vai ser comprado pela câmara de Viana do Castelo

Triciclo traz três meses de música a Barcelos

Alto Minho

2018-09-11 às 06h00

Redacção

Negócio vai ser concretizado no final do mês. Antigo edifício de uma escola profissional no Parque da Praia Norte destina-se à construção de um?Lar de Idosos pela Associação de Reformados de Viana.

Um imóvel onde a Associação de Reformados de Viana do Castelo tencionava construir um Lar de Idosos vai ser comprado, no final do mês, pela Câmara, “face às dificuldades financeiras da instituição", avançou ontem o presidente da autarquia.
Segundo o socialista José Maria Costa, o negócio, que já tem a "aprovação unânime" do executivo municipal, vai ser concretizado "no final deste mês".
O investimento no Lar para Idosos, estimado em meio milhão de euros, foi anunciado em 2017. Na altura, o ex-presidente da associação de reformados, Ricardo Felgueiras, disse que a nova estrutura iria nascer no antigo edifício de uma escola profissional situado no parque empresarial da Praia Norte, "adquirido por 350 mil euros, com apoio da autarquia".

Naquele ano, a Câmara de Viana do Castelo aprovou um apoio de 100 mil euros, mas, em Abril de 2018, o alegado desvio daquela verba motivou uma queixa por peculato, que foi formalizada no Ministério Público contra Ricardo Viana Felgueiras, um processo que se encontra em investigação.
O negócio de aquisição daquele imóvel motivou a demissão de vários elementos da direcção e da mesa da assembleia geral. Em Maio, foi eleita nova direcção que alega "dificuldades em cumprir o contrato de aquisição do imóvel".
"Após uma reunião com a direcção da associação de reformados, tomámos conhecimento das dificuldades que a instituição está a passar devido ao contrato de aquisição do edifício na Praia Norte. Neste momento, a associação não reúne condições financeiras para fazer o cumprimento do contrato que poderá por em causa a própria sustentabilidade financeira da instituição", explicou José Maria Costa.

O autarca adiantou que o município "vai assumir a posição contratual da associação de reformados, retomando o imóvel para o colocar ao serviço das actividades empresariais ou de serviços, libertando desta forma a associação de um encargo financeiro para o qual não tinha capacidade".
"No final do mês vamos concretizar a cessão da posição contratual da associação de reformados para o município", re- feriu, explicando que a autarquia "vai assumir um custo de 220 mil euros, uma vez que, em 2017, tinha atribuído um subsídio de 100 mil euros" para a aquisição do imóvel.
A Associação dos Reformados e Pensionistas de Viana do Castelo tem em funcionamento um centro de dia e serviço de apoio domiciliário, instalados num edifício projectado pela autarquia e situado em terrenos libertados pelo anel viário construído pela VianaPolis, junto à Igreja d'Agonia.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.