Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Idosos são universitários por um dia
Cantinas escolares de Esposende não deitam sal a mais na sopa

Idosos são universitários por um dia

Irradicação de espécies invasoras do rio Lima custa 650 mil euros

Idosos são universitários por um dia

Braga

2011-06-09 às 06h00

Maria Betânia Ribeiro Maria Betânia Ribeiro

Mais de 50 idosos participaram, ontem, no peddy-paper ‘Estudantes universitários por um dia’, promovendo o envelhecimento activo no campus de Gualtar da UMinho.

Organizado pelo Instituto de Ciências Sociais da UMinho em parceria com o Núcleo Distrital de Braga da Rede Europeia Anti-Pobreza, o peddy-paper para idosos ‘Estudantes universitários por um dia’ decorreu ontem no campus de Gualtar, contando com a participação de mais de 50 idosos de 19 instituições de solidariedade social do distrito de Braga.

A actividade, inserida no projecto ‘Bem Envelhecer’, visa promover, de acordo com Alice Matos, docente do Departamento de Sociologia da UMinho, o envelhecimento activo através da interacção com a comunidade estudantil, “fazendo uma visita pelo campus em que eles são os actores”, dispensando a visita guiada. “Os participantes têm de descobrir o campus por eles mesmos”. A iniciativa procura também sensibilizar a academia minhota para as questões da idade, bem como para as necessidades e potencialidades deste grupo etário, como refere a responsável.

Voluntários da Escola Superior de Enfermagem mediram a tensão arterial e a pulsação dos participantes durante a actividade matinal sobre ‘envelhecimento saudável’, ensinando os idosos a medir o próprio pulso. Alice Matos salientou que as equipas apreciaram a actividade física agendada para o fim da manhã que incluiu uma gincana, uma dança a pares equilibrando bolas e o bowling adaptado. “Gostaram imenso do jogo do bowling. Temos gente com muita pontaria!”, realça. As oito equipas em competição tiveram a oportunidade de almoçar na cantina do campus de Gualtar com os alunos da universidade “como qualquer estudante”.

Os idosos iniciaram a tarde com uma actividade de desenvolvimento cognitivo, respondendo às questões do peddy-paper com o apoio dos alunos do campus e assistindo, ainda, a um documentário e à actuação do coro académico da UMinho.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.