Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Hotelaria, restauração e comércio perto do “melhor ano de sempre”
‘Árvore dos Sonhos’ dá prendas de Natal a cem utentes de IPSS

Hotelaria, restauração e comércio perto do “melhor ano de sempre”

Pastelaria Bolo Fresco produz diferentes variedades de Bolo-rei

Hotelaria, restauração e comércio perto do “melhor ano de sempre”

Economia

2022-09-28 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

Integrar o crescimento dos fluxos turísticos foi propósito assumido pela Câmara Municipal de Braga num tempo em que a Organização Mundial do Turismo propõe um sector mais sustentável.

Citação

As previsões dos operadores hoteleiros do concelho de Braga apontam para um total de 610 mil dormidas em 2022, um número muito próximo do registado em 2019, o “melhor ano de sempre” para o sector.
Na sessão comemorativa do Dia Mundial do Turismo, o adjunto do presidente da Câmara Municipal de Braga, António Barroso, apontou 2022 como “ano de recuperação e de resiliência” para esta indústria.
No evento realizado no Posto de Turismo de Braga, o director geral da Associação Empresarial de Braga (AEB), Rui Marques, classificou o último Verão como “extraordinário” para as empresas de alojamento, restauração e comércio da cidade.
Este responsável exemplificou que, durante o mês de Agosto, foram efectuadas transacções com cartões de débito/crédito no valor de 150 milhões de euros naqueles três sectores, sendo que 24,6 milhões foram concretizados com cartões estrangeiros.
Rui Marques relevou que aqueles são valores recordes que, no entanto, devem ter em conta o efeito da inflacção.
O director geral da AEB conclui que o ano de 2022 vai encerrar com um acréscimo de 30% das receitas no sector do alojamento, apesar da diminuição do número de hóspedes face a 2019.
Atendendo ao lema escolhido pela Organização Mundial do Turismo para a celebração do Dia Mundial, o adjunto da presidência da Câmara Municipal apontou a necessidade de um “turismo mais sustentável, mais inclusivo e mais resiliente”, que contribua para os objectivos do desenvolvimento sustentável.
António Barroso defendeu que é preciso “saber integrar crescimento turístico”, antecipando “problemas” que se registam em destinos turísticos de massas.
Impulsionar o turismo de negócios e esbater a sazonalidade são propósitos do Município de Braga, que anunciou para breve o retomar das reuniões do Conselho Estratégico do Turismo e um Forum de Turismo para o final deste ano ou início de 2023.
Segundo António Barroso, “Braga é um destino cada vez mais procurado pelo mercado internacional, reflexo da aposta na presença e representação da marca em feiras de turismo internacionais, nas quais temos vindo a confirmar uma crescente procura pelo nosso património edificado, restauração, hotelaria, eventos, espaços verdes, praias fluviais e percursos pedestres, entre outros activos”.
O mesmo responsável garantiu que o Município de Braga vai continuar a investir em acções de de promoção interna e externa, no lançamento de novos materiais promocionais e aplicações móveis como o ‘Smart Guide’, que é apresentado na próxima sexta-feira, dia 30.
Outro dos objectivos passa por aproveitar sinergias de redes internacionais, nomeadamente de projectos do URBACT, como o ‘Tourism Friendly Cities’.
Agostinho Peixoto, em nome da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte de Portugal, constatou ontem que “Braga é fundamental”? para o crescimento que a actividade turística tem registado na região.

Deixa o teu comentário

Tudo bons rapazes
Desporto

Tudo bons rapazes

03 Dezembro 2022

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho