Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Hospital está a dar “absoluta resposta” aos casos Covid-19
Comunidade empresarial desafiada a criar corrente solidária de apoio ao comércio de Esposende

Hospital está a dar “absoluta resposta” aos casos Covid-19

Empresa multinacional investe sete milhões de euros em Lanheses

Hospital está a dar “absoluta resposta” aos casos Covid-19

Braga

2020-10-23 às 09h00

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

Apesar do aumento de doentes, o Hospital de Braga já activou o Plano de Contingência para Covid-19 e garante capacidade de resposta à comunidade.

O Hospital de Braga aumentou a sua capacidade de resposta à Covid-19 e tem actualmente 33 camas reservadas em enfermaria. Mas caso a situação pandémica evolua, a unidade hospitalar bracarense tem já capacidade instalada para facultar internamento a mais de centena e meia de pacientes. Há 24 utentes internados com Covid-19, cinco dos quais nos intensivos.
Apesar do aumento de doentes internados com Covid-19, o Hospital de Braga indica que a capacidade instalada no internamento está em “níveis normais”, referindo que “ainda não houve necessidade de expandir a capacidade instalada, estando a dar-se absoluta resposta aos casos identificados”. Acrescente-se que a unidade hospitalar bracarense está a “cooperar” com outros hospitais próximos, recebendo os seus doentes Covid-19.
João Oliveira, presidente do Conselho de Administração do Hospital de Braga, garante que “o Plano de Contingência à Covid-19 vai sendo reajustado consoante as necessidades e a evolução da pandemia”. “Este Plano de Contingência da Covid-19 do Hospital de Braga foi pensado tendo em conta a situação epidemiológica que se vive actualmente, numa época que se adivinha muito exigente e para a qual o hospital tem que estar preparado”.
O Plano de Contingência para a Covid-19 do Hospital de Braga para este Outono/Inverno está activo e, tal como havia sido anunciado, foi reforçado nas últimas semanas, com o aumento da capacidade do Serviço de Urgência, de testagem e de internamento para a resposta específica à Covid-19.
São várias as alterações realizadas dentro do hospital com vista ao reforço da capacidade de resposta à pandemia provocada pelo novo coronavírus, que além da “revisão da estratégia delineada durante a primeira vaga pandémica”, compreendeu também toda a “reorganização interna”, com áreas e circuitos bem definidos e reforço das medidas de protecção e segurança.
O reforço aumentou ainda o número de camas na Unidade de Cuidados Intensivos, estando actualmente reservadas oito camas (cinco das quais ocupadas), podendo, no entanto, ultrapassar as 40 camas em termos de capacidade. Registou-se, ainda, um forço de profissionais nas equipas dedicadas ao tratamento de doentes com Covid-19.
O Plano de Contingência da Covid-19 para este Outono/Inverno está a ser colocado em prática simultaneamente com o habitual Plano de Contingência de saúde sazonal nesta época do ano. O Hospital de Braga pede à comunidade para que “evite visitas desnecessárias” e “cumpra as medidas de higiene e segurança”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho