Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Hospital de Braga retoma formação com 53 acções
Paulinho apto no relvado

Hospital de Braga retoma formação com 53 acções

Viana do Castelo aprova Serra d’Arga como área protegida

Hospital de Braga retoma formação  com 53 acções

Braga

2020-08-02 às 10h00

Redacção Redacção

ACÇÕES contaram com a participação de 1 378 profissionais que tiveram oportunidade de de-senvolver competências técnicas e relacionais.

O Hospital de Braga retomou, em Julho, o plano de formação que, até então se encontrava temporariamente suspenso devido à pandemia pela Covid-19.
Durante este primeiro mês, foram ministradas 53 acções que contaram com a participação de 1378 profissionais do hospital.
Estas acções que abrangem diversas áreas representam “um investimento na contínua qualificação dos colaboradores”, refere a unidade bracarense, integrando um conjunto amplo de temas, dos quais se destacam o Suporte Básico de Vida do Adulto, o Curso de Boas Práticas, as Emergências Médicas, a Insulinoterapia Funcional na Diabetes Mellitus Tipo 1, as Ostomias, as Técnicas de Comunicação Terapêutica em Saúde, o Treino de Extintores, a Interpretação e Monitorização Eletrocardiográfica e as Boas Práticas para a Alta Segura.
Estas acções formativas pretendem contribuir para o desenvolvimento e valorização de outras competências técnicas e relacionais dos recursos humanos da instituição, surgindo também como uma estratégia de melhoria contínua na prestação de cuidados.
A retoma desta actividade não descura, segundo o Hospital de Braga, o cumprimento das normas de segurança para formandos e formadores, mantendo em prática uma série de medidas para protecção de todos, nomedamente, o número limitado de formandos, a higienização das salas em todos os intervalos das acções de formação, a disposição das cadeiras com distanciamento seguro e existência de material de desinfecção e máscaras cirúrgicas nas respectivas salas. Acresce a estas medidas as já implementadas aquando da entrada no hospital a medição da temperatura corporal, desinfecção das mãos e a utilização generalizada de máscaras.
Com este plano de acções, apoiado por fundos comunitários através do Programa Operacional e Inclusão Social e Emprego (POISE), estão previstas realizar-se, até ao final do ano, 202 acções e 32 cursos de diversos âmbitos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho