Correio do Minho

Braga, sábado

- +
“Há Cultura” em casa dos famalicenses
Museu de Artes Decorativas expõe “Tapete da Ribeira” com 12 metros de comprimento

“Há Cultura” em casa dos famalicenses

INL lidera consórcio europeu de diagnóstico e prevenção da Covid-19

“Há Cultura” em casa dos famalicenses

Vale do Ave

2020-04-01 às 17h17

Redacção Redacção

Projeto de descentralização cultural avança com agenda de espetáculos online

Se os famalicenses não podem ir aos eventos do “Há Cultura”, então o “Há Cultura” vai ao encontro dos famalicenses.
O projeto de programação e criação cultural descentralizada promovido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão criou uma agenda de espetáculos online para que a cultura continue a chegar a todos, mas desta vez a partir de casa.
As transmissões decorrem às quartas, entre as 10h00 e as 11h00, para crianças e seniores; às sextas e sábados à noite, às 21h30, para jovens e adultos, e ao domingo à tarde, entre as 16h30 e as 17h00, para toda a família.
Os momentos culturais serão transmitidos na página oficial de Facebook do programa Famalicão Comunitário, em www.facebook.com/famalicaocomunitario, e serão depois também partilhados na conta de Instagram do “Há Cultura” (@ha_cultura).
A iniciativa arrancou esta quarta-feira com um apontamento de humor e magia. Esta sexta e sábado há já dois concertos agendados com dois artistas famalicenses: o músico Pedro Maceiras e a fadista Patrícia Costa. Domingo, 5 de abril, é dia de teatro para o público infantil, com a apresentação da peça “Beatriz e o Peixe Palhaço”, e de música com a atuação da banda Charles Band Dickens.
Promover o acesso a atividades culturais neste período de isolamento, valorizar os artistas locais e preservar a dinâmica cultural do concelho são os principais objetivos desta nova dimensão do “Há Cultura”.
Inserido no programa Famalicão Comunitário, como um processo que é entendido na perspetiva de contribuição da cultura para a alavancagem do desenvolvimento integrado do território, o “Há Cultura” é desenvolvido em parceria com os agentes e coletividades culturais presentes no seio das 10 Comissões Sociais InterFreguesias do concelho. São elas: CSIF de Castelões, Oliveira São Mateus, Oliveira Santa Maria, Riba de Ave e Pedome; CSIF de Fradelos, Ribeirão e Vilarinho das Cambas; CSIF de Abade Vermoim, Antas, Calendário, Famalicão, Brufe e Gavião; CSIF de Portela, Telhado, Vale São Cosme, Vale São Martinho, Requião e Cruz; CSIF de Bairro, Carreira, Bente, Delães, Ruivães e Novais; CSIF de Joane, Vermoim, Pousada de Saramagos e Mogege; CSIF de Gondifelos, Cavalões, Outiz e Louro; CSIF de Lousado, Esmeriz e Cabeçudos; CSIF de Landim, Avidos, Lagoa e Seide, e, por fim, CSIF de Nine, Arnoso Santa Eulália e Santa Maria, Sezures, Lemenhe, Mouquim e Jesufrei.   

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho