Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Há quase 500 casos activos de Covid no Alto Minho
Vitória SC vence beirões e está com um pé na Taça da Liga

Há quase 500 casos activos de Covid no Alto Minho

Paulinho para a história

Há quase 500 casos activos de Covid no Alto Minho

Alto Minho

2020-10-31 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

No total dos dez concelhos do Alto Minho há a registar 1738 casos de Covid-19 desde o início da pandemia. Destes, 1194 estão curados e 478 estão activos na comunidade. Há a lamentar 66 óbitos.

Nos dez concelhos do Alto Minho existem perto de 500 casos activos de Covid-19. Os números divulgados anteontem às autarquias pela autoridade de saúde local mostram que desde o início da pandemia o distrito de Viana do Castelo regista um total acumulado de 1738 casos confirmados de infecção por SARS-CoV-2, dos quais 1194 estão recuperados e 478 ainda estão activos. Há ainda 66 óbitos a lamentar.
Paredes de Coura, Ponte da Barca e Vila Nova de Cerveira surgem como os concelhos com menos casos acumulados desde início da pandemia.
Paredes de Coura contabiliza 43 casos, dos quais 16 recuperados e 27 estão activos na comunidade. Este concelho não regista vítimas mortais associadas à pandemia.

Também Ponte da Barca não tem registo de óbitos associados à Covid-19. Este é também, actualmente, o município com menos casos activos, apenas dois, registando um total acumulado de 52 casos de Covid-19.
Vila Nova de Cerveira contabiliza um total acumulado de 65 casos, dos quais 47 estão recuperados e 17 estão activos. Há a lamentar um morto.
No outro extremo da tabela encontramos Viana do Castelo como o concelho com mais casos confirmados até agora: 623, dos quais 420 curados e 82 activos. Há registo de 21 óbtios associados à infecção pelo novo coronavírus. Ponte de Lima, que se debate actualmente com uma situação de surto num lar de idosos, surge como o segundo concelho com mais casos desde o início da pandemia: 230. Estes, 128 estão dados como curados, mas 100 estão activos. Há duas vítimas mortais a lamentar.

Segue-se Monção, com um total de 174 casos, dos quais 147 curados e 11 activos. Regista 16 óbitos.
Em Caminha, já foram infectadas 168 pessoas. Destas, 97 estão curadas, quatro faleceram e 67 estão ainda infectadas.
Valença conta 158 casos desde Março, dos quais 108 curados e 49 activos. Tem um óbito.
Actualmente com 15 casos activos, o concelho de Arcos de Valdevez conta 122 infectados desde o início da pandemia. Destes, 98 estão recuperados. Há a lamentar nove óbitos.
Finalmente, Melgaço tem actualmente oito casos activos. Desde o início da pandemia foram confirmados 103 casos de Covid-19, estando 83 curados. Lamenta-se a morte de 12 pessoas com infecção por SARS-CoV-2.

Sobe para 63 número de infectados na Casa da Caridade

Mais oito utentes da Casa da Caridade de Ponte de Lima estão infectados com o novo coronavírus, fazendo subir para 63 o número total de casos na instituição, disse ontem o director.
Contactado pela agência Lusa, Agostinho Freitas explicou que aumento surge na sequência dos testes realizados quinta-feira aos 12 utentes que tinham testado negativo.
Os únicos quatro utentes que não estão infectados com o novo coronavírus iam ser transferidos durante a tarde de ontem para uma unidade hoteleira em Ponte de Lima. Aquele serviço foi “contratualizado pela instituição, em parceria com a Câmara de Ponte de Lima”.

Do total de idosos que a instituição acolhe (67), 63 estão infectados.
“Os utentes permanecem na instituição. O seu estado de saúde é estável. Estão com alguns sintomas como problemas respiratórios, dores de garganta, e náuseas. Não houve necessidade de recorrer ao hospital, onde permanece apenas um idoso de 85 anos”, referiu Agostinho Freitas.
Além dos utentes, 11 dos 33 funcionários da instituição estão infectados.
O surto associado a este lar de idosos teve início na sexta-feira da semana passada, com a confirmação dos dois primeiros casos em utentes. No sábado, a instituição accionou o plano de contingência e, no domingo, “foram testados todos os utentes e colaboradores do lar”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho