Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Guimarães: Risco de incêndio impõe várias proibições
“Braga é e será um dos destinos turísticos mais atractivos de Portugal e da Europa”

Guimarães: Risco de incêndio impõe várias proibições

dstgroup promove clássicos da filosofia junto dos seus trabalhadores

Guimarães: Risco de incêndio impõe várias proibições

Vale do Ave

2020-08-07 às 10h00

Redacção Redacção

PROTECÇÃO CIVIL do Município de Guimarães lembra que estão proibidas várias actividades em função do nível de alerta e do risco de incêndio.

O Serviço Municipal de Protecção Civil e o Gabinete Técnico Florestal de Guimarães recomendam a adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio rural, nomeadamente com a adopção das necessárias medidas de prevenção e precaução.
Até à meia-noite de hoje vigora a situação de alerta especial que coloca o distrito de Braga no segundo nível de alerta mais grave - o nível laranja.
Este nível de alerta recomenda prevenção, mas também impõe proibições que incluem a proibição de acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais definidos no Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI), bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessem.
Está proibida a realização de queimadas e de queimas de sobrantes de exploração, bem como a realização de fogueiras para recreio ou lazer, ou para confecção de alimentos, a par da utilização de equipamentos de queima e de combustão destinados à iluminação.
É proibido o lançamento de balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes e fogo-de-artifício estando suspensas as autorizações que tenham sido emitidas.
A proibição estende-se à realização de trabalhos nos espaços florestais e rurais com recurso a motor roçadoras de lâminas ou discos metálicos, corta-matos, destroçadores e máquinas com lâminas ou pá? frontal.
O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê um quadro meteorológico adverso para estes dias, com temperatura elevada e baixa humidade relativa do ar e a intensificação do vento, o que pode propiciar condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios rurais, alerta a Protecçao Civil.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho