Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Guimarães apresenta dados de crescimento do turismo no período de verão
Póvoa de Lanhoso assinalou Semana Europeia da Prevenção dos Resíduos

Guimarães apresenta dados de crescimento do turismo no período de verão

Câmara reduz iluminação pública para poupar na factura energética

Guimarães apresenta dados de crescimento do turismo no período de verão

Vale do Ave

2022-09-27 às 22h13

Redacção Redacção

Afluência de visitantes aos postos de turismo de Guimarães está ao nível dos dados registados em 2017 e 2018.

Citação

Os dados do relatório de atividade turística em Guimarães no período de verão, entre os meses de junho e agosto, comprovam os sinais de retoma da atividade turística após a fase de pandemia, com os números de afluência de visitantes aos postos de turismo a aproximarem-se dos anos de 2017 e 2018.

Perante os dados recolhidos pela Divisão de Turismo, registou-se a afluência de 33827 visitantes aos postos de turismo, aproximando-se dos resultados referentes aos anos de 2017 e 2018.

Analisados os dados dos visitantes por país de origem, constata-se que Espanha, França e Portugal figuram no topo da procura turística. Espanha, com uns expressivos 55,3% dos visitantes, mantém a posição de principal mercado emissor, seguindo-se o mercado francês com 18% e o mercado interno com 6,8%. Conclui-se, assim, que são os mercados de proximidade, à semelhança do que se tem verificado nos anos anteriores, que continuam a sustentar a atividade turística. Destaque, ainda, para França que após recupera o segundo lugar nos principais mercados emissores para Guimarães, destronando o mercado interno que registou uma considerável descida.

A taxa de ocupação-quarto, referente ao setor da hotelaria, fixa-se nos 78% no período de junho a agosto, demonstrando assim uma expressiva subida em relação aos últimos anos, ao encontro do que sucede com o mercado turístico no território nacional.

À semelhança da hotelaria e dos Empreendimentos de Turismo de Habitação e no Espaço Rural, os estabelecimentos de alojamento local também registaram um claro aumento na taxa de ocupação, sendo que neste caso o acréscimo é bem superior – 20 pontos percentuais de 2021 para o presente ano.

No que respeita à visitação dos principais monumentos de Guimarães - Castelo de Guimarães e Paço dos Duques de Bragança, assim como de um conjunto de museus, designadamente o Museu Alberto Sampaio, Centro Internacional das Artes José de Guimarães e Casa da Memória de Guimarães, os resultados estão muito próximos dos registados entre 2017 e 2019 – aqueles que foram os melhores anos para o turismo de uma forma global. Comparativamente com igual período do ano transato, registou-se uma subida exponencial de cerca de 82%.

Deixa o teu comentário

Tudo bons rapazes
Desporto

Tudo bons rapazes

03 Dezembro 2022

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho