Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Guimarães reconhecida pelas Nações Unidas como “Cidade Resiliente”
Movimento espera que desconto seja início do fim das portagens na A28

Guimarães reconhecida pelas Nações Unidas como “Cidade Resiliente”

‘Romance Palaciano’ levou sabores da marca Namorar Portugal ao Palácio da Brejoeira - Monção

Guimarães reconhecida pelas Nações Unidas como “Cidade Resiliente”

Vale do Ave

2020-01-23 às 16h16

Redacção Redacção

Desenvolvimento e implementação das várias iniciativas e projetos que visam a proteção de pessoas e bens.

Guimarães viu o reconhecimento feito pelas Nações Unidas como sendo uma das cidades que integra a Campanha "Cidades Resilientes", na sequência do trabalho desenvolvido pelo município no âmbito da Proteção Civil.
?A Campanha é liderada pelo Escritório das Nações Unidas para Redução de Riscos de Desastres (UNDRR), mas é automotivada, centralizada e orientada pela Cidade, com o objetivo de elevar o perfil de resiliência e redução de riscos de desastres entre governos locais e comunidades urbanas em todo o mundo.
 
O documento, que oficializa a entrada de Guimarães nesta iniciativa da Estratégia Internacional para a Redução de Catástrofes, foi assinado pelo presidente da Câmara Municipal, Domingos Bragança, e pela representante especial das Nações Unidas para a Redução do Riscos de Desastres, Mami Mizutori.
?Guimarães assume a visão estratégica da proteção civil municipal, consciente dos riscos existentes e capacitado de infraestruturas e serviços organizados para minimizar os efeitos de eventual acidente grave ou catástrofe, zelando pela proteção dos cidadãos, apoiado em instrumentos de informação e preparação, com o contributo de todos os atores da proteção civil municipal. Neste âmbito, estão em curso diversos projetos e já implementadas boas práticas pelo município, que permitiram o reconhecimento do UNDRR.
 
O Serviço Municipal de Proteção Civil pretende continuar o desenvolvimento e implementação das várias iniciativas e projetos que visam a proteção das pessoas e bens do município, bem como de todas as pessoas que visitam Guimarães diariamente.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.