Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Guerreiros cada vez mais próximos do líder
Município de Guimarães não poupa esforços para garantir a saúde de todos os vimaranenses

Guerreiros cada vez mais próximos do líder

Presidente da Câmara Municipal recebeu ‘Diploma de Finalista Nomeado’

Guerreiros cada vez mais próximos do líder

Desporto

2021-10-22 às 06h00

Fábio Moreira Fábio Moreira

Vitória frente ao Ludogorets cimentou o 2.º lugar e permitu ao SC Braga aproximar-se do Estrela Vermelha, que empatou com o Midtjylland.

A 3.ª jornada da fase de grupos da Liga Europa foi uma boa jornada para os Guerreiros do Minho. A vitória do único representante português nesta competição europeia permitiu aos arsenalistas cimentarem o 2.º lugar do grupo F e os Guerreiros do Minho ainda beneficiaram do empate entre o líder Estrela Vermelha e os dinamarqueses do Midtjylland.
A jogar fora de portas, o conjunto sérvio foi, inicialmente, mais feliz ao conseguir chegar primeiro ao golo, por intermédio de Ivanic, à passagem do minuto 58 da partida. Contudo, os dinamarqueses não se renderam e, aos 78’ minutos, Dyhr conseguiu salvar um ponto para o Midtjylland que passou a ser o 3.º classificado do grupo F, com dois pontos (mais um que o último, Ludogorets, e menos quatro que os Guerreiros do Minho).
Contudo, o grande destaque da noite acabou por a festa de futebol entre Sparta Praga e Lyon do Grupo A. Na capital da República Checa, os homens da casa acabaram por entrar mais fortes na contenda e, ainda antes dos 20 minutos, o Sparta Praga já vencia por dois golos.
Contudo, os franceses ainda conseguiram dar à remontada no primeiro tempo, com Ekambi a reduzir. O empate viria já na segunda parte, aos 53’, por intermédio de Aouar. Lucas Paquetá, aos 67’, fazia o terceiro e colocava o Lyon na frente.
A vida dos gauleses tornou-se mais complicada quando, a 15 minutos dos 90, Gusto foi expulso por acumulação de amarelos. Com menos um homem em campo, o Lyon (onde actua o português Anthony Lopes) conseguiu segurar os checos e chegou até a marcar o quarto golo, com Ekambi a bisar já perto dos 90. Nos descontos, Krejci ainda fez o 3-4, mas já não houve tempo para os checos roubarem pontos aos gauleses.
Para além do Lyon, só há mais uma equipa nesta fase de grupos da Liga Europa a somar todos os pontos possíveis até ao momento: o West Ham. O conjunto britânico dos ‘hammers’ continuou a sua caminhada gloriosa na Liga Europa, ao vencer os belgas do Genk por três golos sem resposta. Dawson, no período de compensação do primeiro tempo, abriu o marcador para o West Ham e, já na segunda parte, Diop (aos 57’) e Bowen (aos 59’) mataram as aspirações belgas e atiraram o Genk para último lugar do Grupo H, face ao triunfo do Rapid Viena com o Dínamo de Zagreb (2-1).
Por sua vez, no grupo C, a surpresa da competição finalmente perdeu. Os polacos do Légia de Varsóvia perdem em Itália com o Nápoles, deixando este grupo totalmente em aberto para a segunda volta. O Légia ainda se foi aguentando e parecia que ia conseguir pontuar em Itália, mas os tentos de Insigne, Osimhen e Politano (todos já no último quarto de hora da partida) deitaram por terra as aspirações polacas. No outro jogo deste grupo, que se disputou na quarta-feira, os ingleses do Leicester mantiveram as suas aspirações europeias vivas, graças a um poker de Daka na vitória sobre o Spartak Moscovo por 3-4.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho