Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Guerreiras do Minho voltam a escorregar na corrida pelo título
Braga Romana regressa em formato digital

Guerreiras do Minho voltam a escorregar na corrida pelo título

Detectados 270 alunos com necessidades de terapia da fala nos últimos três anos

Guerreiras do Minho voltam a escorregar na corrida pelo título

Desporto

2021-04-19 às 06h00

Miguel Machado Miguel Machado

Resultado inglório para o SC Braga que esteve a vencer, com um golo de Andreia Norton, mas permitiu a reviravolta do Benfica (1-2) na 10.ª jornada de apuramento de campeão da Liga Feminina.

A equipa feminina do SC Braga perdeu ontem em casa com o Benfica, por 1-2, na décima jornada da fase final e viu complicar-se (ainda mais) o sonho de lutar pelo título nacional. Num jogo intenso, as Guerreiras foram as primeiras a marcar, já na segunda parte, mas deixaram as águias dar a volta ao marcador com um ‘bis’ de Nycole.
Obrigadas a ganhar para não perder mais terreno para a frente da classificação, as Guerreiras do Minho dividiram com o Benfica um verdadeiro jogo entre “candidatas” ao título.
Entraram mais pressionantes as encarnadas, mas a primeira grande oportunidade de golo foi das bracarenses, aos 10 minutos, num cruzamento da direita de Myra Delgadilho com a recém-entrada Ana Teles (entrou para o lugar de Hannah Keane que saiu lesionada) a rematar ao lado.

Com ambas as formações a querer ganhar, assistiu-se depois a um duelo com muita luta no meio campo e equilibrado. À meia hora, a guarda-redes do SC Braga, Lu Pinheiro (que foi novidade na baliza das Guerreiras) teve que aplicar-se para parar um livre directo de Pauleta, no entanto, houve poucas ocasiões para marcar na primeira parte o nulo manteve-se até ao intervalo.
Na segunda parte, o Benfica voltou a entrar melhor na partida e Andreia Faria quase surpreendeu a guardiã Lu Pinheiro num cruzamento-remate, aos 50 minutos. Lance espevitou as Guerreiras, e aos 57 minutos Jermaine foi derrubada na área pela benfiquista Beatriz Cameirão. Lance para penálti, que foi convertido com classe por Andreia Norton, colocando o SC Braga a vencer por 1-0. A vantagem bracarense durou, porém, apenas quatro minutos. Também de penálti, Nycole fez o empate para o Benfica aos 64 minutos.

Apesar do golpe, a equipa de Miguel Santos reagiu bem e aos 68 minutos Andreia Norton teve uma clara oportunidade, mas o remate saiu às malhas laterais.
Mais eficaz, o Benfica voltou a marcar pouco depois. A guarda-redes Lu Pinheiro ainda segurou um primeiro remate forte de Christy Ucheibe, mas na recarga Nycole bisou, fazendo a reviravolta no marcador para as encarnadas, aos 71 minutos. Um resultado, porém, injusto para o que se passava em campo.
A equipa do SC Braga não se deixou abater e podia ter empatado no minuto seguinte, por Jermaine. Aos 79 minutos foi Andreia Norton a obrigar a guardiã do Benfica, Letícia, a mais uma grande defesa.
A partir dos 82 minutos a missão das Guerreiras tornou-se mais difícil, quando ficou a jogar com menos uma jogadora por expulsão de Myra Delgadilho, e já não conseguiu evitar a derrota inglória na partida
Com este resultado, o SC Braga deixa as ‘águias’ escapar na perseguição às líderes leoas.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho