Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Grupo acredita que esta fase é uma “oportunidade de crescimento pessoal”
Leitores voltam às Casas do Conhecimento

Grupo acredita que esta fase é uma “oportunidade de crescimento pessoal”

Reabilitação da ponte de Fão anunciada para o próximo ano

Grupo acredita que esta fase é uma “oportunidade de crescimento pessoal”

Ensino

2020-03-30 às 07h00

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

‘Covid-19 em sarilhos’ é um projecto desenvolvido pelo Grupo Universitário de Investigação em Auto-regulação (GUIA) da Universidade do Minho. Coordenador, Pedro Rosário, garante que grupo está preparado para dar resposta consistente às famílias.

“Seja a mudança que você quer ver o mundo.”
Mahatma Gandhi

Ajudar as crianças até aos 10 anos e as famílias a encarar tudo o que está a acontecer como “uma oportunidade de crescimento e desenvolvimento pessoal” é o objectivo do projecto ‘Covid-19 em Sarilhos’ desenvolvido pelo Grupo Universitário de Investigação em Auto-regulação (GUIA) da Universidade do Minho (UMinho). “Períodos de grande turbulência exigem respostas de grande consistência e grande resistência”, admitiu o coordenador do grupo, Pedro Rosário, garantindo que o projecto “está preparado para dar resposta às crianças e famílais enquanto esta situação durar”.
“Estamos conscientes da turbulência que o cenário de pandemia coloca às famílias portuguesas”, observou o professor, re- ferindo que o projecto ‘Covid-19 em Sarilhos’ “tem como missão contribuir para que os dias sejam coloridos durante esta fase de recolhimento em casa”.
Este projecto está alinhado com o Projecto ‘Sarilhos do Amarelo’, presente nas rotinas de muitas crianças em escolas de Norte a Sul do país. O ‘Sarilhos do Amarelo’ faz parte de um conjunto de estórias-ferramenta que têm como propósito promover competências de auto-regulação. Estas estórias-ferramentas são desenvolvidas e avaliadas pelo GUIA, composto por investigadores da área da Psicologia da Educação.
“Somos especialistas em processos de auto-regulação e construímos, através da nossa investigação, uma resposta para acompanhar as famílias nesta etapa”, contou o coordenador, assumindo que se pretende ‘estar ao lado’ das crianças e famílias “neste momento que é tão desafiador”.
Mas Pedro Rosário defende que este é também “um período que constitui uma oportunidade de crescimento e de desenvolvimento pessoal e é preciso aproveitar tudo isso numa perspectiva educativa e positiva”.
Estabelecer objectivos e rotinas, organizar o tempo com tarefas variadas e, sobretudo, reflectir sobre o comportamento e a oportunidade de melhorar como pessoa, como aluno, como desportista e até a alargar os conhecimentos e competências em diferentes áreas são as bases deste projecto. “Claro que estamos a viver uma situação desafiadora e complicada, com características limitadoras, mas não limitantes. Temos que a encarar sempre numa perspectiva positiva. É uma esperança com propósito e o propósito é melhorar, crescer e avançar”, desafiou.
O grupo trabalha na forma como devemos controlar e comandar o nosso agir na direcção dos nossos objectivos. “Isto é o que trabalhamos desde sempre, ajudar as crianças e os adultos a estabelecerem objectivos, governando o seu agir no sentido alcançar esses objectivos. Todo o caminho de pensar no que está a acontecer, retomar estratégias, procurar os caminhos mais adequados, não procrastinar. Neste momento, as pessoas estão confinadas mas podem fazer coisas diferentes”, apelou.
O projecto foi publicamente ‘lançado’ nas redes sociais há poucos dias e o feedback não se fez esperar. “As pessoas agradecem bastante, porque é uma altura que existem muitas propostas mas não organizadas”, referiu o professor, justificando: “a diferença deste projecto é que não apresenta propostas avulsas, há uma lógica e uma organização para escolher cada uma destas propostas, que têm investigação por trás”. Pedro Rosário vai mais longe: “não se trata de propostas avulsas para se fazer actividades avulsas. Aqui temos uma visão holística e mais global de tudo que pode ajudar as famílias”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho