Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Greve da função pública com pouca adesão em vários serviços
Residências para pessoas com deficiência prontas em meados de 2025 em Barcelos

Greve da função pública com pouca adesão em vários serviços

Terras de Bouro acolheu Campeonato Nacional de Distância Média e Estafetas 2024

Greve da função pública com pouca adesão em vários serviços

Casos do Dia

2024-05-18 às 06h00

Miguel Viana Miguel Viana

Serviços mantiveram as portas abertas durante o dia de ontem, apesar da greve dos trabalhadores em funções públicas. A paralização foi decretada pela Frente Comum.

Citação

A greve dos trabalhadores em funções públicas, ontem, teve pouca adesão no concelho de Braga. A maior parte dos serviços públicos manteve o normal funcionamento.
O presidente do Conselho de Administração da AGERE, Rui Morais, garantiu que a greve não teve “grande expressividade. Dos 549 trabalhadores, apenas 28 não vieram trabalhar. Os sectores da varredura e da recolha de lixo funcionaram normalmente”.
Teotónio Santos, administrador executivo dos Transportes Urbanos de Braga (TUB), indicou que a greve “não teve expressividade” no serviço de transportes públicos.
Na área do ensino, a directora do Agrupamento de Escolas Carlos Amarante, Hortense Santos, afirmou que “apenas a escola de Pedralva teve a actividade lectiva condicionada. As funcionárias faltaram mas as professoras ficaram com as crianças na escola. A actividade lectiva esteve condicionada, mas a escola permaneceu aberta”.
Uma fonte da direcção do Agrupamento de Escolas Alberto Sampaio garantiu que “não houve escolas fechadas” e que “apenas algumas turmas do primeiro cíclo não tiveram aulas”.
A greve foi convocada pela Frente Comum dos Sindicatos da Administração Pública, com o objectivo de reivindicar um aumento intercalar para todos os trabalhadores, a subida do salário mínimo para os mil euros ainda no corrente ano, a valorização das carreiras, o reforço dos serviços públicos, bem como o início da negociação das medidas que integram a proposta reivindicativa comum.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho