Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Gnration: Ciência e expressão artística têm “casamento muito interessante”
Vizela integra Rede Nacional de Municípios Amigos da Juventude

Gnration: Ciência e expressão artística têm “casamento muito interessante”

Indústria automóvel cria novos postos de trabalho no município

Gnration: Ciência e expressão artística têm “casamento muito interessante”

Braga

2021-06-20 às 09h00

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

Presidente da Câmara Municipal de Braga assistiu ontem ao ensaio do espectáculo de comunidade ´Banquete de David´ e visitou a nova exposição na galeria INL, no edifício do gnration.

O gnration associa a inovação à cultura e “tem proporcionado diversas formas de arte e abordagens científicas que se materializam em expressões artísticas diferenciadoras e neste aspecto é um casamento muito interessante que junta a Câmara Municipal de Braga, a Fundação Bracara Augusta, a Braga Media Arts e o Laboratório Ibérico Internacional (INL)”, assegurou ontem, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, que assistiu ao ensaio do espectáculo de comunidade ‘Banquete de David’ e visitou a nova exposição na galeria INL.
“Respeitamos todas as formas de expressão artística e é importante criar momentos para a criatividade diferenciadora, que traduz a nossa candidatura a Cida- de Criativa da UNESCO, bebendo dos recursos endógenos da cidade e depois casando com cada uma das vivências que a cidade tem e fortaleça este crescimento que queremos que Braga tenha a nível cultural”, referiu Ricardo Rio.
O espectáculo ‘Banquete de David’, por exemplo, “traduz esta dimensão que vem beber da componente da Braga Media Arts com esta tão singular Orquestra de Dispositivos Electrónicos que é surpreendente pelo conceito e resultado final”, destacou Ricardo Rio, evidenciando que este espectáculo (ver caixa ao lado) une, assim, forças aparentemente opostas: as festas tradicionais, plenas de cor e sonoridades; e as artes media, fonte inesgotável de possibilidades.
Também a directora-geral da Braga Media Arts, Cláudia Leite, confidenciou que qualquer pessoa que assista ao ensaio desta orquestra “fica com vontade de ir ver o espectáculo”. “Aqui temos a junção da tradição com a modernidade e este trabalho da orquestra, que já começou há cerca de dois anos, fundiu-se agora com os grupos polifónicos e traz uma nova roupagem a estas tradições associadas ao São João”, constatou. Cláudia Leite lembrou que o espectáculo é solidário e está praticamente esgotado, acreditando que todos “vão ser surpreendidos”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho