Correio do Minho

Braga, quarta-feira

GNR sensibiliza para limpeza de terrenos
Programa de ’Saúde Oral’ para os famalicenses

GNR sensibiliza para limpeza de terrenos

Câmara de Braga cede terreno ao SC Braga por 75 anos para pavilhão Multiusos

Braga

2018-02-19 às 19h19

Miguel Viana

SEPNA deu a conhecer os procedimentos a fazer para os proprietários limparem os terrenos florestais até 16 de Março.

A GNR, através do Serviço de Protecção e Ambiente (SEPNA), sensibilizou ontem a população de Sobreposta para a necessidade de manter os terrenos florestais limpos.
Tratou-se da primeira de três acções realizadas pelo município de Braga, em parceria com a GNR, que tem como tema Incêndios - Juntos na Protecção. O objectivo, explicou Firmino Marques, vice-presidente da Câmara Municipal de Braga e vereador da Protecção Civil, é envolver toda a gente na defesa da floresta. Uma mensagem que está a ser bem acolhida.
Uma boa parte da população compreende e procede às exigências que estão determinadas para a defesa e asseio das florestas, mas há uma parte significativa que ignora ou desconhece que é proprietário de terrenos. A questão do registo cadastral da floresta é importantíssima, realçou Firmino Marques.

O vice-presidente da autarquia bracarense considera que este tipo de iniciativas ajuda o trabalho das entidades da Protecção Civil que estão no terreno (GNR, PSP, sapadores florestais).
Firmino Marques lamentou ainda a existência de legislação confusa. Vai ter que se fazer um dicionário para saber o que está, efectivamente, em vigor, afirmou Firmino Marques.
A presidente da Junta de Freguesia de Sobreposta, Elisabete Silva, realçou também a falta de legislação. Em boa hora veio esta acção de sensibilização, porque se a legislação ainda está a ser feita, nós também não temos muito conhecimento para dizer às pessoas o que vai ser feito, disse Elisabete Silva.
Além da data limite de limpeza dos terrenos (16 de Março), os proprietários ficaram também a par dos procedimentos de limpeza, das entidades a contactar e das coimas que podem vir a ser aplicadas em caso de desrespeito pela lei.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.