Correio do Minho

Braga, sexta-feira

Futuro do SC Braga começa hoje a trabalhar na cidade desportiva
Famalicão: Exercício de proximidade leva Paulo Cunha para novo ciclo de visitas ao terreno

Futuro do SC Braga começa hoje a trabalhar na cidade desportiva

Centro Social e Paroquial de Ribeirão premiado pela EDP Solidária

Desporto

2017-07-17 às 06h00

Carlos Costinha Sousa

Está aberta a porta na nova casa dos Guerreiros do Minho. A Cidade Desportiva do Sporting Clube de Braga acolhe, já hoje, os primeiros ‘clientes’ que vão passar a trabalhar em exclusivo naquele que será, no futuro, o ‘berço’ e a ‘escola’ dos novos craques arsenalistas. Terminada que está a primeira fase do enorme e inovador projecto dos bracarenses, como já tinha sido anunciado pelo presidente António Salvador, os primeiros inquilinos do novo espaço desportivo dedicado à nação bracarense vão ser as equipas dos escalões de sub-19, sub-17 e sub-16 que hoje já começam a trabalhar e são os estreantes das novas e excelentes condições de que o clube dispõe.

Está aberta a porta na nova casa dos Guerreiros do Minho. A Cidade Desportiva do Sporting Clube de Braga acolhe, já hoje, os primeiros ‘clientes’ que vão passar a trabalhar em exclusivo naquele que será, no futuro, o ‘berço’ e a ‘escola’ dos novos craques arsenalistas.

Terminada que está a primeira fase do enorme e inovador projecto dos bracarenses, como já tinha sido anunciado pelo presidente António Salvador, os primeiros inquilinos do novo espaço desportivo dedicado à nação bracarense vão ser as equipas dos escalões de sub-19, sub-17 e sub-16 que hoje já começam a trabalhar e são os estreantes das novas e excelentes condições de que o clube dispõe.

Este novo centro de formação, que vai servir um total de mais de 600 jovens atletas, está instalado numa área de aproximadamente 150 mil metros quadrados onde, para além dos sete campos de futebol, se insere também um edifício de apoio a todo o futebol de formação e uma área verde, onde está incluído também um circuito de manutenção para uso público.

Numa primeira fase de abertura da Cidade Desportiva do SC Braga aos trabalhos, apenas a formação vai ter acesso às novas condições, com os escalões mais velhos da formação a terem o direito de estrear os equipamentos e infraestruturas. Ao mesmo tempo, a equipa sénior vai continuar a trabalhar nos relvados anexos do Estádio Municipal de Braga e equipa B continuará a utilizar o Estádio 1.º de Maio.

Recordando António Salvador aquando de uma visita às obras, este é “um projecto funcional para toda a estrutura da formação, tem um edifício para toda a sua estrutura a trabalhar e todos os campos com condições para que a nossa formação possa progredir e que se possam criar grandes talentos para o futuro. É, para mim, a obra do século porque ao fim de 98 anos as infraestruturas acompanharão o crescimento desportivo”.

Deixa o teu comentário

Últimas Desporto

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.