Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Fumeiro conquista novos mercados com plataforma online de vendas
BLCS debate papel da rádio na pandemia

Fumeiro conquista novos mercados com plataforma online de vendas

Barcelos avança com recolha seletiva de biorresíduos

Fumeiro conquista novos mercados com plataforma online de vendas

Nacional

2021-02-04 às 06h00

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

Os 30 anos da Feira do Fumeiro de Montalegre foram celebrados com uma emissão on-line. O sucesso foi tal que a venda dos produtos na plataforma on-line dispararam e já há produtores a fazer mais fumeiro para vender até ao final deste mês.

Juntos não baixaram os braços e e continuaram a acreditar na “qualidade do produto” e o “sucesso” das vendas on-line é “a confirmação de que os produtores souberam transformar uma adversidade numa oportunidade”, aplaudiu o vice-presidente da Câmara Municipal de Montalegre a propósito dos 30 anos da Feira do Fumeiro. “Conquistamos novos mercados e novos públicos e a satisfação é completa. Há produtores que já não têm fumeiro e outros estão a fazer mais fumeiro para vender durante este mês através da plataforma”, confirmou David Teixeira.
A Feira do Fumeiro de Montalegre reinventou-se este ano devido à pandemia e criou uma plataforma para venda ‘online’ que está a ser “um sucesso”. Os produtores transformaram toneladas de fumeiro que percorrem agora o país e “levam o nome de Montalegre mais longe”. “Chegamos a montar o cenário para fazer o evento, mas foi impossível e tivemos de criar uma nova dinâmica, tínhamos de chegar àqueles que vêm à feira há muitos anos e assim fomos à casa de cada um”, contou o vice-presidente, mostrando “uma grande alegria e satisfação” pelo que conseguiram fazer.
A transmissão em streaming, realizada no passado sábado em jeito de comemoração dos 30 anos do certame, “foi um desafio para criar, dentro da capacidade da realidade digital, uma interacção com aqueles que gostam de vir a Montalegre, na Feira do Fumeiro”, justificou David Teixeira, destacando a possibilidade de se criar uma rede com os emigrantes, clientes e produtores.
“Estivemos a promover o negócio do futuro e tentar que os nossos produtores sejam também empresários. Em época de pandemia tivemos coragem de enfrentar um novo desafio e foi um enorme sucesso de vendas”, rejubilou o vice-presidente, adiantando que a plataforma foi criada no final do ano e o objectivo é, até ao final deste mês, continuar a vender os produtos da Feira do Fumeiro.
A plataforma vai manter-se ao longo do ano com o propósito de vender outros produtos. “Entretanto, foi possível criar uma parceria com uma empresa para entregas ao domicílio em compras superiores a 100 euros e assim os clientes ficam mais seguros e confiantes e os produtos também chegam com a garantia de qualidade”, sublinhou ainda o vice-presidente, destacando o facto de não aparecerem os produtos, mas o rosto do produtor na plataforma, para os clientes assim identificarem mais rapidamente.
“Se os emigrantes não conseguiram vir à Feira do Fumeiro a Feira do Fumeiro foi até aos emigrantes. Tivemos de nos reinventar porque temos este desassossego constante”, confidenciou.
David Teixeira acredita que, no próximo ano, a feira pode ser presencial, mas espera que estas vendas também possam ser feitas através deste canal digital que se prolongará ao longo do tempo, revelando ainda a intenção de no Verão, e “caso a situação pandémica o permita”, realizar um evento que destaque alguns produtos do concelho.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho