Correio do Minho

Braga, sábado

- +
“Fico contente ao ver a equipa jogar desta maneira contra o Leicester”
Técnicos do Município já realizaram 3500 chamadas de rastreamento

“Fico contente ao ver a equipa jogar desta maneira contra o Leicester”

Município lança hasta pública para venda das garagens da habitação social de Apúlia

“Fico contente ao ver a equipa jogar desta maneira contra o Leicester”

Desporto

2020-11-27 às 07h00

Redacção Redacção

Carlos Carvalhal confessou que a equipa bracarense foi infeliz com o golo de Vardy no último lance da partida, mas que fica contente com a exibição dos Guerreiros do Minho contra um Leicester que, “ainda na semana passada, era líder da I Liga inglesa”.

Na ‘pedreira’ houve uma autêntica festa do futebol. O SC Braga empatou a três golos com o Leicester, num jogo a contar para a 4.ª jornada do grupo G da Liga Europa, onde não faltou drama e emoção.
Para o técnico dos Guerreiros do Minho, este “foi um grande jogo com uma espectacular exibição do SC Braga frente a um adversário de enorme qualidade que, ainda na semana passada, liderava a I Liga inglesa”. Carlos Carvalhal ainda destacou que, no final do encontro, o técnico dos ‘foxes’, Brendan Rodgers, confessou-lhe que os Guerreiros do Minho são grande equipa e alvo de admiração do treinador dos ingleses.
O treinador dos minhotos ainda realçou que o SC Braga “jogou cara-a-cara com uma grande equipa” e que os Guerreiros do Minho conseguiram realizar “uma primeira parte simplesmente espectacular”. De acordo com Carlos Carvalhal, os bracarenses podiam ter ido para intervalo com uma vantagem mais confortável do que apenas um golo, mas o guardião do Leicester, Kasper Schmeichel (filho do icónico guarda-redes Peter Schmeichel) “fez duas ou três defesas completamente impressionantes que nos negaram o conforto que precisávamos para a segunda parte”.
O técnico continuou dizendo que “na segunda parte, o adversário mexe na equipa e lança jogadores de elevadíssima qualidade e obriga-nos a baixar as nossas linhas, relegando para o nosso meio-campo defensivo e, eventualmente acabaram por conseguir chegar ao segundo golo”. Contudo, Carlos Carvalhal confessa que “a equipa teve um espírito de guerreiro e uma vontade enormes” e, numa altura em que já ninguém esperava, “o SC Braga teve força para chegar ao terceiro golo”. Porém, o treinador dos bracarenses reconhece que a equipa foi “muito infeliz com final da partida”, mas admite que SC Braga e Leicester apresentaram um “grande jogo e isso deixa-me contente, poder ver a minha equipa a bater-se desta maneira contra um adversário deste nível.”
Todavia, Carlos Carvalhal confessa já ter mudado o chip para o próximo encontro. “Apesar do empate, continuamos a depender de nós próprios para carimbar a passagem à fase seguinte e isso é o que importa, mas agora só me interessa o próximo jogo com o Farense, daqui a três dias.”

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho