Correio do Minho

Braga,

- +
Festivais da região de Braga celebram mais uma edição
Protecção Civil de Braga ‘pronta’ para combate

Festivais da região de Braga celebram mais uma edição

Vespa Clube Caminhos de Santiago dá nova vida a antiga escola de Rio Mau

Festivais da região de Braga celebram mais uma edição

Cávado

2021-05-03 às 13h30

Redacção Redacção

Em pleno 1º de maio, Barcelos recebeu os Festivais Regionais de Braga 2021 (CNE), onde foi distinguido o talento escutista.

Nesta edição, inspirada no exemplo de vida de Carlo Acutis, foram quatro as categorias em que o talento escutista se distinguiu e conseguiu “Ser +”: Concurso de Fotografia Escutista, Festival Monsenhor Américo, Festival de Curtas-metragens (EScurtas) e concurso de talentos (EStalento).

Para além da comemoração habitual, os Festivais Regionais contaram também com testemunhos de figuras de destaque do mundo da música e da arte, assim como, do Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, que salienta que a iniciativa “reflete as exigências de ser mais”.

Também o Chefe Nacional do CNE, Ivo Faria, referiu a diferença que a região marca e que essa “seja de facto uma diferença que faz com que também ela contagie, seja capaz de chegar aos outros e com isso também irradiar luz”.

O evento dividiu-se entre o dia 30 de Abril e 1 de Maio.

Na categoria "Concurso de Fotografia Escutista", venceu o agrupamento de Barcelos 1250 - Adães; O agrupamento de Famalicão 1374 – Ribeirão venceu na categoria "Festival Monsenhor Américo" e na categoria "Concurso de Talentos (EStalento)" ficou em primeiro lugar o núcleo Cego de Maio, agrupamento 439 - Vila do Conde.

O agrupamento 184 - Joane, de Famalicão, venceu com a melhor curta e com o melhor argumento; o prémio de melhor realização foi para Barcelos, para o agrupamento 1250 - Adães e, por fim, o agrupamento 671 - Lomar, de Braga, recebeu uma menção honrosa na categoria "Festival de Curtas-metragens (EScurtas)".

No primeiro dia, o público teve a possibilidade de assistir a workshops e, no segundo dia, foram transmitidos os Festivais.

Apesar da ausência presencial, através da transmissão integral do evento, foi possível estimular a participação do público.

Mais uma vez, a distância não impediu esta celebração de unir toda a região de Braga e de desvendar os diversos talentos dos jovens escuteiros.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho