Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Festa das Colheitas é das maiores do país
Bracarense José Lopes bate recorde nacional dos 1500 livres

Festa das Colheitas é das maiores do país

Auditório Vita é palco de Gala Solidária da AVI

Festa das Colheitas é das maiores do país

Cávado

2019-10-15 às 10h25

Redacção Redacção

António Vilela, presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, faz um “balanço muito positivo” da XXVIII Feira Mostra de Produtos Regionais - Festa das Colheitas. “É tudo feito com muito carinho e paixão”, confessou a vereadora Júlia Fernandes.

“Valorizar a ruralidade, dinamizar a economia e promover a tradição e a cultura popular foram mais uma vez os objectivos alcançados” na Festa das Colheitas – XXVIII Feira Mostra de Produtos Regionais de Vila Verde. “Deixo uma palavra de reconhecimento. É o trabalho de todos que faz da Festa das Colheitas a maior festa de Vila Verde e uma das maiores festas deste país”, afirmou António Vilela, agradecendo também ao público pela forte adesão ao certame.
No final, os objectivos foram amplamente alcançados. Para tal, muito contribuiu o empenho do Município de Vila Verde e de todos os parceiros, que se associaram a uma programação turístico-cultural que contou com a presença de dezenas de milhares de pessoas.

A vereadora da Cultura do Município de Vila Verde, Júlia Fernandes, manteve a toada e fez um balanço muito positivo do evento. “Um hino ao mundo rural, às nossas tradições, à cultura popular. Tudo reunido na mesma festa, onde conseguimos ver toda a nossa essência. Isso orgulha-nos muito”, referiu a vereadora, acrescentado que a iniciativa já extravasou fronteiras e atrai visitantes de todo o país e até do estrangeiro.
Júlia Fernandes destacou ainda a hospitalidade e genuinidade da população local, bem como a dedicação de todos os envolvidos: “é tudo feito com muito carinho e paixão”.
Durante os cinco dias do evento, o público foi brindado com o que de melhor e mais genuíno o concelho e a região têm em 173 stands expositores. Dos produtos frescos do campo ao artesanato, passando pela gastronomia, queijo, fumeiro, doçaria, vinho.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.