Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Feira de Troca de Sementes de Paredes de Coura
Chamas destruíram arrecadação de carpintaria em Carvoeiro

Feira de Troca de Sementes de Paredes de Coura

Programa de ’Saúde Oral’ para os famalicenses

Alto Minho

2018-02-15 às 15h15

Redacção

O objetivo desta iniciativa é proporcionar o encontro e convívio entre pessoas que valorizam as sementes e plantas locais e que ativamente contribuem para a sua preservação.

A Feira de Troca de Sementes de Paredes de Coura regressa este sábado, 17 de fevereiro, ao Museu Regional. A partir das 14h00 decorre a 4ª Feira Anual de Troca de Sementes, organizada pelo Município de Paredes de Coura e a Associação Quinta das Águias, em colaboração com o Agrupamento de Escolas de Paredes de Coura.

O objetivo desta iniciativa é proporcionar o encontro e convívio entre pessoas que valorizam as sementes e plantas locais e que ativamente contribuem para a sua preservação, face ao perigo de extinção provocado pela concorrência de variedades híbridas e transgénicas, que prejudicam o equilíbrio dos nossos ecossistemas.

A progressiva perda de variedades genéticas de muitas sementes constitui um perigo para a humanidade, porque muitas dessas variedades eram mais resistentes a pragas e doenças. Além do mais, estas representam um património que importa não perder. A educação, a informação e a partilha são das armas mais importantes para contrariar a crescente perda de muitas sementes, quer por desleixo quer pela influência e pressão dos grandes grupos agro-alimentares, defende Vitor Paulo Pereira, presidente da Câmara de Paredes de Coura, acrescentando a importância de preservar a biodiversidade biológica e incrementar as formas sustentáveis de produção de alimentos, porque simultaneamente contribuímos para uma alimentação mais saudável e um modo de produção mais justo.

Sabiam que perdemos 94% de sementes de vegetais no século XX
Das 544 variedades de couve, restam 28
Das 158 variedades de couve-flor, restam nove
Das 55 variedades de couve-rábano, restam três
Das 34 variedades de alcachofra, restam duas
Das 288 variedades de beterraba, restam 17
94% das espécies de pepino estão perdidas
90 por centro das espécies de pepino estão perdidas
A diversidade dos stocks de sementes está tão ameaçada como o panda, a águia-real ou o urso polar

A preservação das sementes autóctones assume uma importância vital, uma vez que são cada vez mais raras, sendo progressivamente substituídas por sementes comerciais, que são as mesmas em todo o mundo, enquanto as sementes locais se foram adaptando durante muitas gerações às condições de solo e clima específicas da sua região de origem. Uma vez que as sementes contêm o futuro da vida, é importante mantê-las vivas.
A Troca de Sementes vai proporcionar às pessoas o acesso às sementes originais que as poderão cultivar para sua própria utilização e para as manter vivas. Todos os que quiserem participar poderão trazer as suas sementes ou plantas para partilhar e trocar. 
A Feira Anual de Troca de Sementes está inserida no Projeto Educar para o Futuro Terra orientado pelo Serviço Educativo do Município, em parceria com o Agrupamento de Escolas e com a Associação Quinta das Águias, mas também integrado em projetos mais amplos para um desenvolvimento sustentável e amigo do ambiente como são a alimentação vegetariana e o Plano de Paisagem, respetivamente.
Recorde-se que Paredes de Coura é o primeiro município português a dispor de Plano de Paisagem para o território e que tem como objetivos a valorização do património natural, cultural e urbano, bem como definir medidas orientadoras para a gestão da paisagem que preservem o seu caráter e identidade, reforçando a componente da paisagem cultural nas aldeias e lugares incluídos em Rede Natura e na Paisagem Protegida. Por sua vez, e partindo do princípio que as nossas escolhas alimentares têm um impacte muito forte na nossa saúde, no meio ambiente, na economia e no bem-estar animal, o Município não só se associou desde a primeira hora à organização do Congresso Internacional Paredes de Coura Vegetariana que todos os anos reúne personalidades da área do conhecimento na defesa de uma cultura alimentar mais sustentável e saudável, mas também há muito que implementou nas escolas do concelho a disponibilidade de pratos alimentares alternativos, inserido num programa mais vasto de educação alimentar e de promoção da saúde. 
Programa:

9h30: Caminhada com Rita Roquette
Saber Viver com as Plantas Silvestres e os seus Ritmos
As plantas silvestres são fonte de alimento, medicina, matéria prima que nos abriga e nos ajuda a criar. Nesta caminhada vamos ser capazes de identificar algumas espécies de plantas espontâneas que estão acordadas nesta altura do ano e que são as nossas maiores aliadas.
Encontro: Câmara Municipal de Paredes de Coura

Se chover...

Pessoas Silvestres - Aquelas que conhecem o seu Habitat Natural
Oficina com Rita Roquette que focará a nossa capacidade espontânea e intrínseca de apreender o mundo natural, em especial o mundo das plantas.
Vamos observar bem de perto as plantas espontâneas e perceber como estas evoluíram para se adaptarem ao habitat e como nós tal como elas somos um reflexo do meio onde vivemos.

14h30: Troca de Sementes, no Museu Regional de Paredes de Coura, onde, para além de sementes, também se poderá trocar plantas, ervas aromáticas, árvores e estacas, como por exemplo macieiras autóctones e outras árvores de fruto. Ficam excluídas as sementes e plantas comerciais, híbridas e transgénicas.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.