Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Feira 100 % Agrolimiano é importante para a economia
Homem encontrado morto no rio em Vila Nova de Famalicão

Feira 100 % Agrolimiano é importante para a economia

Festa do Caldo do Pote anima Sabariz

Alto Minho

2018-02-18 às 09h00

Miguel Viana

Certame apresenta produtos de elevada qualidade e atrai milhares de visitantes ao concelho durante o fim-de-semana. A agro-pecuária, o leite e os vinhos são os sectores mais representados.

Promover as empresas ligadas aos sectores da agricultura, da floresta e agro-alimentar, é objectivo da III edição da Feira 100% Agrolimiano que decorre este fim-de-semana, no Pavilhão de Feiras e Exposições de Ponte de Lima. O certame foi inaugurado ontem e encerra hoje.

Esta é uma feira que se insere dentro da nossa estratégia de desenvolvimento, que assenta na valorização dos nossos recursos endógenos e do nosso potencial agrícola, destacou Victor Mendes, presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima.

O autarca notou ainda o elevado interesse dos jovens pelo sector da agro-indústria, e com forte presença no evento. Temos um conjunto de jovens empresários agrícolas que arriscaram neste sector, com produtos com enorme criatividade, com enorme inovação, com muita qualidade, para nichos de mercado também eles de muita qualidade, revelou o autarca limiano.

Além da promoção da actividades económicas, o evento traz também benefícios a vários níveis para o resto do concelho. Obviamente que é uma forma de podermos desenvolver o nosso território, de uma forma mais justa e mais equitativa. Temos uma estrutura fundiária muito fragmentada, o que pode inviabilizar alguns projectos, mas temos que ter a consciência de que na nossa região, somos competitivos em vários sectores, mas há outros sectores ligadas a produções estratégicas e temos sido muito competitivos, declarou o presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima.

Os produtos com mais destaque na feira são a agropecuária, o leite, o vinho e o turismo.

O retorno económico ainda não está quantificado, mas são esperados bons negócios para os expositores e produtores.

Há retorno económico directo para os que têm oportunidade de expôr, mas há, também, um retorno económico ao longo deste fim-de-semana, porque esta feira atrai milhares de pessoas a Ponte de Lima, que irão dinamizar a área da restauração, da hotelaria é esse um dos nossos grandes objectivos, frisou Victor Mendes.

O programa de hoje prevê, durante a manhã, a realizaçao de demonstrações equestres (10.30 horas) e da palestra sobre Combate à Vespa da Galha do Castanheiro, as 11 horas.

Durante a tarde decorre o VIII Concurso Regional da raça Frísia do Alto Minho (14.30 horas), uma demonstração sobre o Folar Limiano, com o chef Vítor Lima (ás 15 horas), a demonstração sobre o Jardim Limiano, pelo chef Daniel Pinheiro (16 horas) e o work-shop sobre Contos do Vinho de Ponte de Lima (às 17.30 horas).
Ontem, a noite ficou marcada pela actuação do artista Mickael Akordeon.
O certame conta ainda com um espaço destinado aos restaurantes. A entrada é gratuita. As portas encerram às 20 horas de hoje.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.