Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Famalicão renova apoio anual aos Bombeiros, Cruz Vermelha e Sapadores Florestais
Monumentos minhotos recebem 1,3 ME para obras de requalificação

Famalicão renova apoio anual aos Bombeiros, Cruz Vermelha e Sapadores Florestais

UMinho integra projeto europeu para melhorar competências digitais das mulheres migrantes

Famalicão renova apoio anual aos Bombeiros, Cruz Vermelha e Sapadores Florestais

Vale do Ave

2021-02-22 às 15h15

Redacção Redacção

Primeira tranche aprovada na última reunião do executivo municipal. Apoio anual ronda os 500 mil euros.

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão já aprovou a primeira tranche de 2021 do plano anual de apoio às forças de socorro do concelho que todos os anos faz chegar às três corporações de bombeiros – Bombeiros Voluntários de Famalicão, Bombeiros Voluntários Famalicenses e Bombeiros Voluntários de Riba de Ave -, à equipa de sapadores florestais e ao núcleo de Ribeirão da Cruz Vermelha e que significa um investimento global municipal a rondar os 500 mil euros anuais, num esforço financeiro municipal fundamental para assegurar respostas de socorro eficazes, permanentes e céleres junto das populações.

Na última quinta-feira, dia 18 de fevereiro, a autarquia aprovou em reunião do executivo municipal a atribuição da primeira parcela dos subsídios anuais de 90 mil euros a cada uma das três corporações e de 42 mil euros ao Núcleo da Cruz Vermelha de Ribeirão.

Na mesma reunião esteve também em discussão a atribuição do apoio financeiro referente ao primeiro trimestre do ano para o funcionamento das equipas de intervenção permanente das corporações de bombeiros, no valor de 8700 euros para cada corporação, tendo sido também aprovada a transferência de uma verba de 40 mil euros para a Associação dos Silvicultores do Vale do Ave para o funcionamento da equipa de sapadores florestais.

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão considera que estes apoios financeiros “são fundamentais para a gestão dos orçamentos destas forças de socorro”.

“Os serviços prestados diariamente por estas equipas são de uma importância incalculável e a atribuição destes apoios por parte do Município são, de certa forma, um reconhecimento que se impõe por todo o esforço que colocam no cumprimento das suas funções”, acrescenta ainda Paulo Cunha.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho