Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Famalicão “cruza fronteiras” para encontrar soluções nos desafios futuros
“Fico contente ao ver a equipa jogar desta maneira contra o Leicester”

Famalicão “cruza fronteiras” para encontrar soluções nos desafios futuros

Jovens sensibilizados para protecção à Covid

Famalicão “cruza fronteiras” para encontrar soluções nos desafios futuros

Vale do Ave

2020-10-23 às 09h00

Paula Maia Paula Maia

Município formalizou ontem um memorando de entendimento com a cidade norte-americana de Fort Collins, aprofundando uma parceria que desenvolvem desde 2018 e que abrange os domínios da mobilidade, participação social e economia circular

Os Municípios de Vila Nova de Famalicão e da cidade norte-americada de Fort Collins assinaram ontem um memorando de entendimento que ‘sela’ não só um trabalho de proximidade desenvolvido nos últimos dois anos, como define estratégias comuns para o futuro.
A assinatura deste memorando decorreu no âmbito da International Week 2020, que termina este sábado, numa sessão online que contou também outros representantes que integram o programa Internacional de Cooperação Urbana, da qual as duas cidades também fazem parte.
O presidente da câmara de Famalicão referiu que apesar da distância que separa as duas cidades “as nossas estratégias e políticas estão muito próximos”, agradecendo a “energia “ que Fort Collins tem disponibilizado nesta colaboração.
O autarca de Famalicão destacou que o trabalho desenvolvido permitiu uma aprendizagem mútua “em diferentes áreas”, com destaque para a sustentabilidade, enfatizando que o plano de mobilidade urbana da cidade norte-americana, sobretudo o ligado às bicicletas como meio de mobilidade, é “uma inspiração para os famalicenses”.
Entre outros trabalhos, as duas cidades comprometem-se a manter o diálogo sobre os temas de cooperação que já abordam desde 2018 no âmbito do Programa Internacional de Cooperação Urbana - nos domínios da mobilidade de baixo carbono, participação social e parcerias e economia circular -, a partilhar conhecimento sobre planeamento, políticas, boas práticas, avanços e resultados nas várias áreas de trabalho conjunto e a identificar oportunidades de financiamento externo para a cooperação em áreas de mútuo interesse que poderá passar pela participação conjunta em conferências, visitas técnicas, entre outras actividades.
“Esta semana faz parte da nossa estratégia para cruzar fronteiras e encontrar soluções para desafios futuros”, referiu Paulo?Cunha, sublinhando a importância deste evento.
Darin Atteberry, City Manager da cidade norte-americana, agradeceu a oportunidade de “aprender juntos”, considerando que os “tempos sem precedentes” como estamos a viver tornam esta parceria mais importante.
O representante diz que são muitos os desafios que unem as cidades, como as alterações climáticas.
A formalização da cooperação entre as duas cidades foi o ponto alto da segunda edição da International Week com o objectivo de fortalecer e dar visibilidade à dinâmica de internacionalização do município famalicense, bem como reforçar os laços institucionais entre representantes da autarquia local, do tecido empresarial, da academia e responsáveis diplomáticos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho