Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Famalicenses no Mundo são ‘extensão’ da cidade
Edwin Herrera reforça lado esquerdo do FC Famalicão

Famalicenses no Mundo são ‘extensão’ da cidade

Câmara Municipal de Arcos de Valdevez volta a reivindicar a redução da portagem na A3

Famalicenses no Mundo são ‘extensão’ da cidade

Vale do Ave

2020-08-09 às 10h00

Isabel Vilhena Isabel Vilhena

Famalicenses no mundo têm, a partir de agora, um ID card que os identifica e formaliza a pertença à rede ‘Famalicenses no Mundo’.

Nasceu um novo fluxo de ‘exportação’ e ‘importação’ de pessoas, conhecimento e experiências no concelho de Famalicão.
Trata-se de uma rede intitulada ‘Famalicenses no Mundo’, materializada no ID card que simboliza um cartão de identificação que formaliza a pertença à rede Famalicenses no Mundo, constituindo um importante instrumento de dinamização e divulgação da rede, fomentando um sentimento de partilha e pertença entre todos os membros que a integram e permitindo que se dêem a conhecer dentro, mas também fora da rede.
Um momento partilhado ontem por inúmeros famalicenses no mundo que assistiram, via facebook, à cerimónia simbólica de entrega do ID card que assinalou o Dia do Emigrante.
“É uma iniciativa fantástica que promove a união de quem está na cidade e fora de Famalicão. Esta rede transporta a cidade além-fronteiras, onde cada um de nós que estamos fora é parte dessa rede”, afirmou Sónia Guimarães de Vale de S. Cosme e actualmente a trabalhar na China.
Também Nuno Correia, num testemunho presencial e emocionado, partilhou a importância desta rede para os famalicenses que se encontram no estrangeiro que representa o “reconhecimento da sua cidade por aqueles que estão fora”, sublinhando o potencial desta rede que deverá assentar nas parcerias que serão benéficas para todos”.
Presente na cermónia, o presidente da câmara de Famalicão, Paulo Cunha, salientou a dimensão de expansão dos famalicenses que representa a “Nação Famalicense”, que “vai muito além da cidade, cria uma reciprocidade dos territórios”.
De salientar que o município de Vila Nova de Famalicão tem vindo a desenvolver o Projecto ‘Famalicenses no Mundo’, integrado na Agenda de Diplomacia Urbana e na Estratégia Municipal de Internacionalização.
Este projecto tem vindo a consubstanciar-se na criação de uma Rede que integra já mais de uma centena de concidadãos espalhados pelo mundo, da Ásia à América do Norte, passando pela Europa, África e América do Sul. Estes Famalicenses, embora envolvidos na execução dos seus projectos pessoais e profissionais nos locais que escolheram para viver e trabalhar, muitas vezes longínquos, não esquecem as suas origens e os fortes laços que os unem a Famalicão.
O objectivo é o de conhecer e manter contacto com os cidadãos de Famalicão que se encontram espalhados pelo Mundo, abrindo um canal de comunicação e de informação directa entre Famalicão e a diáspora famalicense, incentivando a que cada um dos ‘Famalicenses no Mundo’ possa ser um ‘Embaixador’ informal do concelho na cidade ou região onde reside.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho