Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Famalicão quer reforçar adesão dos munícipes à fatura eletrónica para poupar o ambiente
Bracarense em Berlim exercita braços com garrafões de água

Famalicão quer reforçar adesão dos munícipes à fatura eletrónica para poupar o ambiente

‘Quietinho em casa’ já regista 53 comerciantes bracarenses

Famalicão quer reforçar adesão dos munícipes à fatura eletrónica para poupar o ambiente

Vale do Ave

2020-02-18 às 15h15

Redacção Redacção

Adesão pode ser feita através do portal em www.famalicao.pt

As vantagens da adesão à fatura eletrónica são imensas. É um processo simples e rápido, confidencial e seguro, que permite poupar o ambiente através de uma redução significativa do consumo de papel, e poupar recursos. Apesar de tudo isso, em Vila Nova de Famalicão, a adesão à fatura eletrónica para os serviços municipais de água, saneamento e resíduos ainda é de apenas 6,2 por cento. Em 56.760 contratos existentes, apenas 3.498 utilizadores recebem atualmente a sua fatura por email.

“Tem havido nos últimos anos, uma evolução positiva e substancial, no entanto, ainda estamos aquém daquilo que queremos para o nosso concelho”, afirma a propósito o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha. “Estamos empenhados em reduzir, de forma significativa, o consumo de papel em várias áreas do municipio e do concelho, e temos procurado sensibilizar todos os cidadãos para uma atitude mais amiga do ambiente e é aqui que entra a necessidade de uma maior adesão à fatura eletrónica”.

Os munícipes interessados em aderir ao serviço só têm que aceder ao portal do município em www.famalicao.pt e fazer o seu registo. A partir daí, as vantagens são muitas, pois para além de pouparem o ambiente, os utilizadores poupam também tempo. Passam a receber comodamente no seu e-mail as faturas em formato PDF, podendo aceder-lhes de uma forma imediata e muito mais prática. Desta forma, as faturas estão sempre acessíveis e podem ser consultadas em qualquer momento e em qualquer lugar. Além disso, a fatura eletrónica tem a mesma validade fiscal e legal que a fatura tradicional em papel e por ser um documento certificado, é totalmente seguro e confidencial.

Refira-se que esta medida insere-se no âmbito da política de modernização administrativa encetada pelo município, que tem como objetivo conseguir uma maior qualidade no atendimento ao munícipe. Destaque ainda para a política ambiental e de responsabilidade social desenvolvida pelo municipio, baseada na promoção dos objetivos de desenvolvimento sustentável difundidos pela ONU, nomeadamente no que diz respeito às cidades e comunidades sustentáveis.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho