Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Famalicão premiou três projetos empreendedores de alunos do ensino profissional
Júlia Fernandes classificou projecto Medivida de "extrema importância”

Famalicão premiou três projetos empreendedores de alunos do ensino profissional

Guerreiras do Minho voltam a escorregar na corrida pelo título

Famalicão premiou três projetos empreendedores de alunos do ensino profissional

Vale do Ave

2021-02-27 às 17h16

Redacção Redacção

Confinamento não bloqueia poder empreendedor dos jovens

João Pedro Oliveira, Vitória Souza e Hélder Silva foram os grandes vencedores de mais uma edição do concurso “Meu projeto é empreendedor”, promovido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e com a parceria das empresas Continental, CEVE e Louropel, que patrocinam os prémios.

Condicionados pelas restrições ditadas pelo confinamento, a cerimónia de entrega dos prémios decorreu, esta quinta-feira, dia 25 de fevereiro, em formato online e transmitida pela página Famalicão Educativo, na rede social Facebook (https://www.facebook.com/famalicaoeducativo).

O concurso “Meu projeto é empreendedor” tem como objetivo a valorização dos cursos profissionais destacando, de entre todos os concorrentes, as melhores Provas de Aptidão Profissional (PAP) apresentadas pelos alunos.

Assim, no setor Indústria o projeto vencedor foi “REUTIC”, PAP do aluno João Pedro Alves Oliveira, do Curso Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos, da OFICINA – Escola Profissional do INA, orientado pela professora Paula Alexandra Silva. No setor Agroalimentar, o projeto vencedor foi “Elaboração de Sushi”, PAP da aluna Vitória Gabrielly Vieira Catalde de Souza, do Curso Técnico de restaurante e Bar, da Escola Secundária D. Sancho I, orientada pelo professor Nuno Salgado. No setor Comércio e Serviços, o projeto vencedor foi “Figuras Colecionáveis”, PAP do aluno Hélder Ribeiro da Silva do Curso Técnico de Design Gráfico, da Escola Secundária Camilo Castelo Branco, orientado pela professora Susana Ferreira.

Na cerimónia participaram todas as escolas envolvidas, professores e alunos premiados, bem como representantes do júri, os vereadores da Educação e do Empreendedorismo, Leonel Rocha e Augusto Lima, respetivamente, e o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

O edil destacou a qualidade dos projetos premiados e o envolvimento de todos quantos dão corpo a esta iniciativa.

“Famalicão nunca escondeu ser um ecossistema empreendedor”, frisou Paulo Cunha, indicando que “a criação de uma dinâmica empreendedora exige o envolvimento multitask de múltiplos parceiros e múltiplas dimensões para que o resultado possa ser aquele que todos ambicionamos”.

“Estou seguro que estamos a dar passos muito seguros no sentido da concretização deste ecossistema”, acentuou o presidente da Câmara, que elogiou a qualidade da formação profissional, de ser a mais adequada às necessidades das empresas e de, por isso, garantir o sucesso de todos os envolvidos neste processo.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho