Correio do Minho

Braga, terça-feira

Fafe: Obras de Requalificação do Bairro da Cumieira já iniciaram
Monção: sessão de esclarecimento sobre empregabilidade

Fafe: Obras de Requalificação do Bairro da Cumieira já iniciaram

Município de Monção requalifica freguesia de Barroças e Taias

Vale do Ave

2019-02-11 às 19h19

Redacção

Num Investimento global de 7 milhões de euros com 245 habitações Intervencionadas

Iniciaram as obras de Requalificação do Bairro da Cumieira. Com um orçamento de 7 milhões de euros, este projeto vai permitir dotar as habitações com melhores condições.
Serão requalificados todos os blocos, com intervenções internas e externas contemplando um total de 245 habitações.
A intervenção exterior prevê a substituição de telhados, colocação de isolamento térmico e acústico e novas caixilharias. Está também prevista a requalificação das zonas comuns.
Nas 195 habitações propriedade do Município  serão realizadas intervenções no interior ao nível da pintura, substituição de pisos, madeiras e portas, novas casas de banho, cozinhas e canalização.
Paralelamente à requalificação das habitações,  está garantida a renovação do Projeto Ei! – Educação para a Inclusão, um projeto implementado no Bairro da Cumieira junto de crianças e jovens, bem como o novo projeto “Trilhos Interculturais”, dirigido à comunidade de etnia cigana. O Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, explica que "devido à enorme degradação do Bairro da Cumieira, foi definida a urgência na realização de obras naquele espaço. Esta profunda requalificação transformará as existentes em casas praticamente novas. Esta é uma obra há muito desejada pela população. Estamos muito satisfeitos por tirar este projeto do papel e, finalmente, avançar com as obras. Queremos devolver às famílias condições de habitação mais dignas e confortáveis.”
Raul Cunha termina afirmando que "o Município de Fafe reitera a continuidade das políticas que visam o progresso social e proporcionar  melhores condições de vida para os fafenses.  Este projeto verte as políticas que desenhámos para o desenvolvimento do nosso Município, procurando sempre colocar as pessoas em primeiro lugar e, neste caso, ajudá-las naquilo que é um direito consagrado: o direito à habitação, com mais e melhores  condições, proporcionando-lhes uma vida melhor e mais feliz."
Recorde-se que o Bairro da Cumieira é formado por 11 blocos (de “A” a “L”) de 4 pisos, constituídos por habitações de tipologia T2, T3 e T4, que totalizam 245 frações, das quais quatro são destinadas ao comércio e serviços, e 241 fogos habitacionais, dos quais, 195 são propriedade da Câmara .

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.