Correio do Minho

Braga,

- +
Fado solidário promete notas de encanto
SC Braga tem de estar ao 'melhor nível' para vencer o Estoril

Fado solidário promete notas de encanto

Caminho caseiro para o golo é mais simples

Fado solidário promete notas de encanto

Braga

2021-10-23 às 13h00

Rui Miguel Graça Rui Miguel Graça

Já imaginou Camacho Silva, Isabel Maria, Jorge Dias, Marisa da Luz, Mário Bruno e Paula Barroso em palco com e pelos utentes do Centro D. João Novais e Sousa? Pois! É um espectáculo especial e por uma causa ainda mais simbólica.

Em primeiro lugar ainda há bilhetes. E eles merecem uma casa cheia. Pelo seu encanto, pela sua luta, pela sua coragem de subir ao palco e também porque a instituição sonha e deseja há muito tempo com o Lar Residencial para jovens e adultos especiais, portadores de deficiência intelectual, com condições humanas capazes de orgulhar o comum dos mortais. O preço de cada ingresso é simbólico — cinco euros. Estão disponíveis nas quatro Juntas de Freguesia da Cidade, concretamente São Vicente, S. Victor, UF de Maximinos, Sé e Cividade e UF de S. Lázaro e S. João do Souto. Estão também à venda cada Casa Fragata, no Museu da Sé e nas instalações do Centro D. João Novais de Sousa. Ah! A venda antecipada termina hoje.
Agora vamos pincelar o espectáculo. Amanhã, 15.30 horas no Altice Forum Braga. Vão estar em palco Camacho Silva, Isabel Maria, Jorge Dias, Marisa da Luz, Mário Bruno e Paula Barroso, acompanhados à guitarra por Paulo Proença e Horácio Andrade. Em palco também vão estar os utentes da instituição. Com honras de abertura, porque a honra é toda deles.
O projecto para construir o Lar Residencial já existe desde 2012, sem que tenha sido possível a sua concretização, mas sendo uma resposta social imprescindível para garantir aos utentes desta instituição o apoio e o acolhimento que merecem no seio da instituição que é também sua família. O projecto de arquitectura está aprovado, assim como as licenças necessárias para avançar com a concretização do Lar Residencial. O objectivo é criar esta valência numa das alas do edifício do Centro Novais e Sousa onde actualmente funciona do CACI.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho