Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Executivo visitou obras no centro de Vizela
Uma união ambiciosa e vencedora

Executivo visitou obras no centro de Vizela

Desemprego aumenta em Agosto

Executivo visitou obras no centro de Vizela

Vale do Ave

2019-12-15 às 14h38

Redacção Redacção

A revitalização do centro urbano de Vizela foi alvo de uma visita do executivo municipal, acompanhado pelos presidentes de junta, que foram ver ‘in loco’ as obras que se encontram a decorrer no centro da cidade.

A revitalização do centro urbano de Vizela foi alvo de uma visita do executivo municipal, acompanhado pelos presidentes de junta, que foram ver in loco as obras que se encontram a decorrer no centro urbano, nomeadamente as obras da Requalificação da Av. Eng. Sá e Melo, da ligação do Fórum à Rua Doutor Pereira Caldas (Rua da Rainha) e à requalificação da Praça da República e Jardim Manuel Faria.

Nesta visita, o presidente da Câmara de Vizela destacou a importância da revitalização do centro urbano, “que há mais de 10 anos que não havia uma única obra no centro e que este executivo veio alterar por completo este paradigma, tenho implementado o RUS - Plano de Acção - Regeneração Urbana Sustentável, que integra um conjunto de intervenções integradas nos espaços públicos, num investimento de cerca e 3,5 milhões de euros, sendo investimento próprio de 1 milhão e que irá tornar irreconhecível o centro urbano de Vizela.

Neste plano de acção destaca-se a obra de requalificação da Praça da República e Jardim Manuel Faria, mas também de todas as artérias adjacentes.
Na vertente mais sustentável, este plano integra a requalificação do Parque das Termas, um projecto de fundo para a maior revitalização do Parque das últimas décadas, a requalificação das margens e leito do Rio Vizela, e a criação de uma ciclovia, que fará a ligação da Freguesia de Infias à Marginal Ribeirinha.

Nesta visita foi apresentado o projecto da obra de requalificação da Praça da República e Jardim Manuel Faria pelo presidente da Câmara, Victor Hugo Sal- gado e pelo arquitecto, Filipe Costa, sendo que a obra deverá estar no terreno no início do próximo ano, aguardando apenas o visto do Tribunal de Contas.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho