Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Executivo visitou obras no centro de Vizela
“Produtores são dos heróis da Feira do Fumeiro”

Executivo visitou obras no centro de Vizela

Treze escolas do ensino básico vão ‘Pedalar pela Leitura’

Executivo visitou obras no centro de Vizela

Vale do Ave

2019-12-15 às 14h38

Redacção Redacção

A revitalização do centro urbano de Vizela foi alvo de uma visita do executivo municipal, acompanhado pelos presidentes de junta, que foram ver ‘in loco’ as obras que se encontram a decorrer no centro da cidade.

A revitalização do centro urbano de Vizela foi alvo de uma visita do executivo municipal, acompanhado pelos presidentes de junta, que foram ver in loco as obras que se encontram a decorrer no centro urbano, nomeadamente as obras da Requalificação da Av. Eng. Sá e Melo, da ligação do Fórum à Rua Doutor Pereira Caldas (Rua da Rainha) e à requalificação da Praça da República e Jardim Manuel Faria.

Nesta visita, o presidente da Câmara de Vizela destacou a importância da revitalização do centro urbano, “que há mais de 10 anos que não havia uma única obra no centro e que este executivo veio alterar por completo este paradigma, tenho implementado o RUS - Plano de Acção - Regeneração Urbana Sustentável, que integra um conjunto de intervenções integradas nos espaços públicos, num investimento de cerca e 3,5 milhões de euros, sendo investimento próprio de 1 milhão e que irá tornar irreconhecível o centro urbano de Vizela.

Neste plano de acção destaca-se a obra de requalificação da Praça da República e Jardim Manuel Faria, mas também de todas as artérias adjacentes.
Na vertente mais sustentável, este plano integra a requalificação do Parque das Termas, um projecto de fundo para a maior revitalização do Parque das últimas décadas, a requalificação das margens e leito do Rio Vizela, e a criação de uma ciclovia, que fará a ligação da Freguesia de Infias à Marginal Ribeirinha.

Nesta visita foi apresentado o projecto da obra de requalificação da Praça da República e Jardim Manuel Faria pelo presidente da Câmara, Victor Hugo Sal- gado e pelo arquitecto, Filipe Costa, sendo que a obra deverá estar no terreno no início do próximo ano, aguardando apenas o visto do Tribunal de Contas.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.