Correio do Minho

Braga,

Estudantes da Secundária de Maximinos distinguidos por incentivarem à votação nas eleições europeias
34 novas empresas por mês em Famalicão

Estudantes da Secundária de Maximinos distinguidos por incentivarem à votação nas eleições europeias

Feira anual de Santa Catarina em Celorico de Basto

As Nossas Escolas

2018-11-07 às 06h00

Miguel Viana

Sessenta estudantes da Escola Secundária de Maximinos recebem sexta-feira os diplomas de Embaixadores Júniores do Parlamento Europeu. Cerimónia conta com a presença do eurodeputado português José Manuel Fernandes.

Sessenta jovens de duas turmas do 12.º ano da Escola Secundária de Maximinos recebem, na sexta-feira, os diplomas de Embaixadores Júniores do Parlamento Europeu. A sessão decorre pelas 15 horas na Biblioteca da escola e conta com a presença do eurodeputado português José Manuel Fernandes.
A entrega dos diplomas tem como finalidade reconhecer o trabalho feito pelos alunos na divulgação da União Europeia e na sensibilização para a participação nas eleições europeias do próximo ano. “Esta foi a melhor forma de envolver os alunos no projecto europeu e de incentivar à participação no acto eleitoral para eleger o Parlamento Europeu”, disse Leonardo Silva, um dos coordenadores do Projecto Pedagógico Escola Embaixadora do Parlamento Europeu.

Leonardo Silva considerou ainda que a acção dos Embaixadores Júniores do Parlamento Europeu assumiu especial importância já que muitos dos jovens abrangidos vão ter “possibilidade de votarem para o Parlamento Europeu, pela primeira vez, em 2019”.
O Projecto Escola Embaixadora do Parlamento Europeu foi implementado em 2016 e decorre até 2019, e tem como objectivo envolver os alunos e a comunidade “na construção do projecto europeu. Pretendemos levar os jovens e a comunidade em que estamos inseridos a conhecerem melhor a União Europeia e a debaterem os problemas e desafios da União Europeia”, declarou Leonardo Silva.

No caso concreto da Escola Secundária de Maximinos, os alunos realizaram, ao longo do ano lectivo passado (2017 / 2018) várias actividades para dar a conhecer a União Europeia. “Os nossos alunos realizaram debates, plantaram 28 árvores com o nome de cada um dos países da União Europeia e cada aluno adoptou uma dessas árvores. Fizeram, também, uma saída pelas ruas da cidade com as bandeiras dos países, realizaram dias culturais na escola. Houve até uns alunos que fizeram um jogo com perguntas e respostas sobre a União Europeia”, frisou Leonardo Silva. Para este ano estão pensadas algumas iniciativas a decorrerem no centro da cidade.
O coordenador do projecto considerou que a “mensagem tem passado junto da comunidade”, tendo em conta a elevada participação dos jovens.

A cerimónia inclui também o descerramento da placa de Escola Embaixadora do Parlamento Europeu e uma conferência com o eurodeputado José Manuel Fernandes. “O eurodeputado vai abordar a temática dos jovens na Europa. No encontro, os jovens terão oportunidade de colocar algumas perguntas que serão respondidas pelo eurodeputado. Podem saber, por exemplo, de que forma podem participar mais nas decisões da União Europeia, ou que assuntos mais preocupam os europeus”, afirmou Leonardo Silva.
As actividades relacionadas com o projecto de Escola Embaixadora terminam, neste ano lectivo em Maio, devido à realização das eleições europeias em 2019.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.