Correio do Minho

Braga, segunda-feira

“Esta feira serve de promoção do turismo e cultura de Soajo e de Arcos de Valdevez”
Murilo: “É o maior desafio da minha carreira”

“Esta feira serve de promoção do turismo e cultura de Soajo e de Arcos de Valdevez”

Bracarenses evocam poeta João Penha

Cávado

2018-07-11 às 10h00

Marta Amaral Caldeira

João Manuel Esteves, presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, destaca a promoção turística de Soajo e do concelho potenciada pela Feira de Artes & Ofícios do Soajo. Certame que é palco das tradições locais decorre este fim-de-semana.

A Feira de Artes & Ofícios de Soajo, Arcos de Valdevez, serve de “promoção do turismo, da economia local e social e da cultura soajeira e do nosso concelho”, destaca o presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez. O evento, que foi ontem apresentado, decorre no próximo fim-de-semana, com um programa recheado de atractivos que faz jus às tradições locais e que arranca esta sexta-feira 13.
A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez faz uma aposta forte nesta feira, que resulta do trabalho de parceria de dez associações, com o único objectivo de dinamizar a economia local, divulgar o património e riqueza natural soajeira e potenciar o desenvolvimento rural com a aposta na criação das raças autóctones como é o caso da cachena e o garrano.
“Este é, acima de tudo, um evento que pretende contribuir para o desenvolvimento do turismo, sobretudo do de Natureza, mas também um contributo para a fixação da população e muito especialmente para esta economia do mundo rural”, assinalou o autarca arcuense, João Manuel Esteves.
O edil considera esta Feira do Soajo como “extremamente importante” porque é, no essencial, “uma mostra de produtos agrícolas, de pecuária, artesanato, gastronomia, animação turística e de alojamento - há aqui todo um território que quer dizer ao mundo que está vivo e vibrante e nós queremos é chamar a atenção para esse mundo, que apesar de ser interior, não é um mundo parado”.
Além das dez entidades envolvidas no certame, são 55 expositores que vão exibir ‘o melhor’ deste mundo soajeiro, que vão mostrar nesta feira de três dias de duração “que este é um mundo com muita dinâmica, inovação, modernidade, há gente nova envolvida e que estamos num território de eleição, com um património cultural que é ímpar e com um património natural que merece e deve ser visitado por todos seja neste fim-de-semana ou noutro qualquer durante o ano porque estamos no Parque Nacional da Peneda-Gerês”, convidou o autarca João Manuel Esteves. “Há muitos e bons motivos para visitar Soajo, Arcos de de Valdevez e o Parque Nacional da Peneda-Gerês”, afirmou.
Do programa com dezenas de iniciativas e actividades, onde se incluem os concursos pecuários de gado, com destaque para os bovinos com as raças cachena, barrosã e minhota e onde os passeios equestres com garranos serão possibilitados durante todo o certame. Destaque para o facto de o concelho de Arcos de Valdevez ser o maior produtor de carne cachena e com o selo do ‘Solar da Raça’.
O presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez destaca três momentos especiais: o desfile de carros de bois pela vila, seguido da malhada do milho à moda antiga e, ainda, da peça de teatro ‘O Juiz de Soajo’ - iniciativas que decorrem durante a tarde domingueira.
Refira-se que haverá também transmissão televisiva em directo da Feira de Artes & Ofícios de Soajo com o programa ‘Somos Portugal’ - o que para o autarca será uma oportunidade única para divulgar Soajo e o concelho arcuense e também para os emigrantes poderem acompanhar e ‘matar saudades’ da sua terra natal.
O certame conta com três ‘palcos’ montados em espaços diferentes em Soajo, localizados no Largo do Eiró, Campo da Feira e uma grande área de exposição de animais. A Eira dos Espigueiros e a antiga Casa da Câmara será algum do património por onde as actividades passam.
A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez assinou, ontem, três protocolos com a ARDAL - Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima, a Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca e, ainda, com a Associação Cultural e Desportiva de Soajo, no valor global de 55 mil euros, para a dinamização deste programa intenso que vai levar mais longe o nome de Soajo.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.