Correio do Minho

Braga, terça-feira

Esposende já investiu 4,5 milhões de euros em ecovias
Cabeçudos e gigantones de Viana do Castelo

Esposende já investiu 4,5 milhões de euros em ecovias

PSP celebra com a comunidade os 141 anos do Comando Distrital de Braga

Cávado

2018-02-11 às 06h00

José Paulo Silva

Novo troço de ecovia entre Fão e Apúlia foi ontem lançado. Câmara Municipal de Esposende reforça investimento em rede de vias cicláveis e pedonais

Cerca de 4,5 milhões de euros foram investidos nos últimos anos em ecovias no concelho de Esposende, estimando-se que, até 2021, chegue aos 10 milhões de euros o valor total das empreitadas destas vias pedonais e cicláveis.
O balanço e a estimativa foram apresentados ontem pelo presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, na cerimónia de lançamento da primeira pedra do troço entre Fão e Apúlia da Ecovia do Litoral Norte, um percurso de 6, 2 quilómetros que deverá estar concluído no próximo Verão.

No troço que ligará as duas importantes estâncias balneares do concelho vão ser investidos mais de um 1,1 milhões de euros, beneficiando o projecto de uma comparticipação de fundos comunitários de 815 mil euros.
O edil de Esposende voltou a afirmar a prioridade do município na criação de uma rede de percursos pedonais e cicláveis, antevendo que vias deste perfil venham a ser criadas também em freguesias mais interiores do concelho.
A primeira pedra do troço Fão - Apúlia da Ecovia do?Litoral Norte foi lançada na Praça do Estaleiro, junto à ponte metálica sobre o rio Cávado, destacando Benjamim Pereira os estudos que a Câmara Municipal de Esposende está a desenvolver com vista à construção de uma nova ponte pedonal e ciclável, 50 metros a jusante da actual, um investimento estimado em cerca de dois milhões de euros que se espera ver concretizado ainda no actual mandato autárquico.

O novo atravessamento assegurará a continuidade de Ecovia do Litoral Norte, entre Caminha e Apúlia, dado que se mostrou inexequível a criação de uma faixa pedonal e ciclável na ponte metálica.
Sobre o novo troço entre Fão e Apúlia, que se deseja concluído no arranque da próxima época balnear, Benjamim Pereira considerou que se trata de um projecto importantíssimo que vai mudar radicalmente a ligação entre as duas localidades.

O presidente da União de Freguesias de Apúlia e Fão, Luís Peixoto, observou que a nova ecovia será fundamental para o dia a dia dos residentes locais, bem como para o fluxo turístico que se regista no Verão.
O autarca local alertou para a necessidade de se olhar também para as necessidades de pessoas com mobilidade reduzida, defendendo a criação de circuitos para gente mais idosa como forma de promover o envelhecimento activo. O presidente da União de Freguesias reivindicou também uma atenção maior para a manutenção dos passadiços existentes na zona dunar entre Fão e Apúlia, garantindo a disponibilidade da União de Freguesias para se responsabilizar por essa tarefa, desde que garantido o necessário financiamento.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.